Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas: Polícia prende quadrilha de assaltantes que se preparava para assaltar agências bancárias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma guarnição do 23º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Parauapebas prendeu nesta terça-feira (1º) uma quadrilha de malfeitores que se preparava para assaltar agências bancárias no núcleo urbano de Carajás, município de Parauapebas.

Segundo a polícia, a quadrilha é composta por Cleisson Santos Barbosa, 28 anos; Edson Bruno Rodrigues Gonçalves, 27 anos; Joseilton Moreira Silva, 30 anos, o “Neguinho Garimpeiro”; Lucas Abraão Silva Oliveira, o “Cabeção”, 35 anos, de Marapanim (PA); Raimundo Walison Moreira Ferreira, 29 anos; e Rosiveldo Ferreira Paiva, 25 anos, de Parauapebas. Um sétimo elemento que integrava o bando, Pedro José de Lima, conhecido por “Loirão” ou “Ceará”, morreu em confronto com a polícia.


Em declarações prestadas à Polícia Civil, o ten-cel. PM Mauro Sérgio, comandante do 23º BPM, contou que a quadrilha foi localizada e presa graças ao serviço de inteligência da polícia, que levantou as informações de que o grupo se preparava para assaltar banco em Carajás.
De posse do levantamento secreto, o comandante deslocou uma guarnição do Grupo Tático de Operações da PM para pontos estratégicos das matas próximas da área onde se localizam as agências bancárias, em Carajás, mas esta operação não logrou êxito.

Por volta das 7 horas da manhã desta terça-feira (1º), o comando da PM foi informado que indivíduos se encontravam hospedados num hotel no Bairro Rio Verde, em atitudes suspeitas.
Ao serem abordados no hotel, os desconhecidos disseram aos PMs que eram agentes da Polícia Federal, mas não apresentaram documentos de identificação.
Desconfiada, a guarnição da Polícia Militar se dividiu em dois grupos e passou a verificar os quartos onde os homens estavam hospedados, distribuídos em dois andares do prédio da hotelaria.

Na abordagem do quarto 21, no 1º andar, um indivíduo, posteriormente identificado por Pedro José de Lima, o “Loirão”, reagiu, sacou uma pistola Taurus calibre .40 e disparou contra os policiais, que revidaram e atingiram o malfeitor, que foi encaminhado ao hospital municipal, onde veio a óbito horas depois.
Em seguida, três integrantes da quadrilha foram agarrados no hotel, enquanto outros três homens foram localizados e detidos numa casa no Bairro Cidade Jardim. Dois elementos, um identificado como Rosemberg Ferreira Paiva, conseguiram se evadir do cerco da polícia num automóvel modelo Corola.

Armas apreendidas pelos policiais de Parauapebas
Armas apreendidas pelos policiais de Parauapebas

Arsenal apreendido
A polícia apreendeu em poder dos bandidos duas pistolas calibre .380 com três carregadores, uma pistola calibre 7.65 com carregador, dois radioamadores, uma espingarda carabina calibre .30, com carregador com 22 munições e duas espingardas tipo escopeta calibre .12 com doze munições, além de dois coletes balísticos com capa, um veículo marca Honda modelo Civic placa NHH 3937-PA e outro da marca Fiat modelo Siena placa JUV 3714-PA. A maioria dos armamentos apreendidos é de uso exclusivo da Polícia Militar.

Ouvido pela reportagem, o delegado Rodrigo Paggi, diretor da 20ª Seccional Urbana de Polícia Civil em Parauapebas, explica que o monitoramento da quadrilha foi feito em conjunto pelo serviço de inteligência das polícias Militar e Civil.
Segundo a autoridade policial, o bando vai responder por crime de formação de quadrilha, porte ilegal de arma de fogo, resistência à prisão e falsificação de documentos públicos.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva. Portal Pebinha de Açúcar

 

Publicidade

Veja
Também