Parauapebas recebe Seminário sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Iniciado na manhã desta quinta-feira (8), no auditório da Câmara Municipal de Parauapebas, encerra hoje (9) o I Seminário Regional de Resíduos Sólidos, uma iniciativa da prefeitura. O evento tem como objetivo reunir especialistas para a atualização de temas de interesse do setor de resíduos sólidos, identificando problemas, tendências e discutindo alternativas de solução. O seminário é realizado pela Secretaria Municipal de Urbanismo (Semurb), com apoio da empresa Clean Gestão Ambiental.

Com o tema “Os desafios da implantação da política nacional de resíduos sólidos”, o evento tem como objetivos informar e debater temas básicos do Plano Nacional de Resíduos Sólidos: situação atual, regionalização e gestão associada, tratamento e disposição final dos resíduos e logística reversa; analisar os principais aspectos relacionados aos resíduos sólidos com destaque para os resíduos gerados em área urbana; apresentar os princípios de sustentabilidade do gerenciamento de RSU (resíduo sólido urbano) e os problemas resultantes do gerenciamento inadequado dos resíduos sólidos; discutir as dificuldades e avanços na implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos no município; e identificar caminhos para a adoção de práticas de minimização na geração de resíduos sólidos.


Mais de 30 municípios da região se inscreveram para participar do evento, que tem como público-alvo profissionais de entidades públicas, estudantes de graduação e pós-graduação; dirigentes do terceiro setor, professores universitários, pesquisadores e profissionais da área; secretários de meio ambiente, vereadores e demais interessados no tema.

Na abertura do seminário, a vice-prefeita Maria Ângela Pereira, representando o prefeito Valmir Mariano, destacou a responsabilidade do governo municipal com a destinação do lixo urbano produzido pela população, investindo em educação ambiental, na coleta sistemática dos resíduos sólidos e na aquisição de área para tratamento do lixo e verticalização dos resíduos.

Por sua vez, o secretário municipal de Urbanismo, Raimundo Augusto Neto, ressaltou a importância de todos terem consciência de seus deveres. “Já fizemos e continuamos a fazer um trabalho de conscientização tanto a grandes geradores de resíduos quanto ao gerador comum”, lembrou Augusto Neto, ratificando que o atual governo está investindo maciçamente em educação ambiental voltada para a conscientização e sensibilização, com o interesse de realizar um trabalho que deixe a cidade sempre limpa.

Programação
No primeiro dia do seminário, após os pronunciamentos das autoridades, ocorreu a palestra “Lançamento do panorama dos resíduos sólidos”, ressaltando a situação atual dos resíduos sólidos no Brasil, ministrada por Odair Luiz Segantini, coordenador do Departamento Administrativo-Financeiro e de Resíduos Especiais. Em seguida, Odair Segantini ministrou outra palestra, desta vez sobre a Lei nº 12.305/2010, que dispõe sobre a “Política nacional de resíduos sólidos”.
À tarde, os palestrantes Henrique Rebelo (engenheiro agrônomo e diretor técnico da empresa Bioma) e Danni Roberto Souza (biólogo e diretor executivo da Bioma) ministraram sobre o tema “Princípios de sustentabilidade ao gerenciamento de resíduos sólidos urbanos”.

Já nesta sexta-feira (9), o seminário foi reaberto às 8 horas da manhã com a palestra “Caminhos para a adoção de práticas de minimização na geração de resíduos sólidos”, ministrada por José Santana Pinto Junior, engenheiro ambiental e de segurança no trabalho, e gerente de Meio Ambiente da Clean Gestão Ambiental.

A seguir, o biólogo Frederico Drumond Martins, chefe da Flonaca (Floresta Nacional de Carajás), dará sequência ao evento, ministrando às 10h30 a palestra “Gestão integrada de resíduos sólidos”.

A última palestra do evento ocorreu às 14 horas pelo geólogo José Pedro de Azevedo Martins, com o tema “A educação ambiental e resíduos sólidos urbanos”.

Por fim, após debates com perguntas e respostas, serão entregues certificados aos participantes, ato que encerrará o I Seminário Regional de Resíduos Sólidos.

Reportagem: Waldyr Silva / Foto: Anderson Souza

Publicidade

veja também