Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas receberá dois dias da Caravana de Negociação da Celpa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Programação oferece também troca de lâmpadas e cadastro na Tarifa Social

Durante os dias 02 e 03 de dezembro, o município de Parauapebas, no sudeste do Estado, vai receber mais uma vez a Caravana de Negociação da Celpa. O projeto tem percorrido diversas cidades durante o ano de 2019, levando negociações de débitos de maneira mais flexível para clientes que querem ficar em dia com a concessionária.


            Os atendimentos vão ocorrer no plenário da Câmara Municipal, localizada Avenida F, Quadra 33, bairro Beira Rio II, no horário das 9h às 17h. Para receber atendimento, o cliente precisa apresentar documentos pessoais e uma fatura de energia. Quem for até o local a procura da troca de lâmpadas gratuitas, basta levar até cinco lâmpadas incandescentes ou fluorescentes para trocar pela versão de LED, que gera maior economia no consumo doméstico.

Já para realizar o cadastro no Programa Tarifa Social de Energia Elétrica, o consumidor precisa estar inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e possuir NIS – Número de Inscrição Social. Serão aceitos, também, idosos e pessoas com deficiência que recebam o benefício de prestação continuada do INSS.

De acordo com o líder de cobrança, Erik Soares, os clientes têm recebido muito bem a programação de todas as Caravanas que já passaram por Parauapebas este ano. “Os clientes procuram muito essas ações externas que a concessionária oferece devido a facilidade no momento de negociar. Nosso objetivo é entender a possibilidade do cliente e encontrar uma maneira que facilite os pagamentos para que ele volte a ficar adimplente com a concessionária e utilizar os serviços sem preocupações. Além disso, a troca de lâmpadas também é muito procurada, pois oferecemos a troca gratuitamente, possibilitando que o cliente economize com uma iluminação em casa mais eficiente”, avalia o líder.

Publicidade

Veja
Também