PARAUAPEBAS: Secretário de Educação fala dos planos para o retorno às aulas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Leal Nunes – Secretário Municipal de Educação de Parauapebas

“As atividades escolares iniciarão no dia 1º de fevereiro tendo as aulas na modalidade não presencial devido à pandemia de Covid-19 que ainda persiste”, informou o secretário municipal de Educação de Parauapebas, Leal Nunes, em entrevista concedida ao Portal Pebinha de Açúcar; dando por pontapé inicial a Jornada Pedagógica que acontecerá do dia 26 a 29 de janeiro, e, devido o momento pandêmico, será online, transmitida pelo canal da Secretaria Municipal de Educação no YouTube, trazendo como tema “ENSINO HÍBRIDO E A NOVA SALA DE AULA”, seguido do planejamento para que o retorno seja mais proveitoso.

Quanto o ano letivo anterior, 2020, Leal Nunes diz ter sido de bom aproveitamento, tendo sido aplicado pela Secretaria Municipal de Educação, através das respectivas coordenações de cada escola e dos professores, a metodologia determinada pelo Ministério da Educação, para atender às necessidades nesse novo normal que se apresenta. “Nosso município, através do Conselho Municipal de Educação, validou todas as normativas do Conselho Nacional de Educação, logrando êxito pedagógico”, garantiu Leal, assegurando que os alunos não foram prejudicados sendo também para esse ano, 2021, garantido as habilidades que não conseguiram no ano anterior.


Ainda falando do novo normal, Leal Nunes admite não ter sido fácil, porém, os professores tiveram que se reinventar conseguindo superar com êxito; quanto aos alunos, ele diz também que muitos tiveram dificuldades, mas, as escolas procuraram atender da melhor forma possível.

A respeito dos alunos que tem dificuldades pela ausência do acesso à internet, Leal diz estar sendo buscado solução. E aponta como sendo uma delas a apresentação de uma plataforma digital para o professor ministrar as aulas, ficando o conteúdo disponível para que os alunos possam acessar em momento oportuno. “O prefeito Darci Lermen está garantindo a aquisição e doação de celulares para todos os mais de 50 mil alunos da rede pública e notebook’s para os professores, o que facilitará o processo de ensino e aprendizado em tempos de pandemia”, adiantou Leal Nunes, prevendo que as dificuldades que se apresentaram em 2020 sejam neste, 2021, minimizadas.

Em 2020, o número de alunos matriculados na rede municipal de ensino, foi de 47.888, distribuídos em 71 escolas, tendo, para este ano, outras 10 mil vagas disponíveis, o que fará o município se aproximar de 60 mil estudantes do ensino fundamental. Perguntado à respeito da possibilidade do retorno das aulas presenciais com percentual reduzido conforme a capacidade de cada sala de aula, a exemplo do que ocorreu nas escolas particulares, Leal Nunes diz ser um processo mais difícil, já que a rede pública comporta um número bem maior de estudantes em relação à rede particular. “Esse ano o planejamento é para que possamos, aos poucos, garantir esse retorno de forma cautelosa seguindo as normativas e orientações superiores”, planeja Leal, lembrando que, em 2020, os pais e professores foram consultados para um possível retorno de aulas presenciais, no entanto, a maioria optou pela continuidade das aulas remotas; e diz que o governo optou por atender o desejo dos pais e mestres, lembrando que não cabe ao poder público assumir sozinho essa responsabilidade.

Publicidade

veja também