Parauapebas tem semana violenta com sete homicídios registrados

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil de Parauapebas, especificamente o Departamento de Homicídios da 20ª Seccional Urbana, terá muito muitos casos para investigar. Tendo em vista que sete pessoas foram assassinadas nos últimos sete dias na “Capital do Minério”.

Os dois primeiros crimes foram registrados no domingo passado, 12 de junho, onde Vitória Dias Silva, de 24 anos de idade, foi executada no Bairro Beira Rio. No mesmo dia, Dheimyson Santos Lima morreu no Hospital Geral de Parauapebas (HGP), após ter sido esfaqueado por um desconhecido, por volta das 2h35, no Bairro Nova Esperança.


No dia 15, Jorge André Arruda de Souza, 29 anos de idade, foi executado com quatro tiros, por volta das 14h30, na Rua Felícia Mendonça, Bairro São Lucas 2. No mesmo dia, por volta das 23h10, Thwys Kelvin Silva Oliveira, de 18 anos de idade, foi morto a tiros no Bairro Altamira.

No dia 17, o velho conhecido da polícia, Renilson Pereira de Sousa, de 43 anos, foi executado a tiros na casa em que morava, na Rua 123, Bairro Nova Carajás, já na parte da noite, um homem até então não identificado foi morto na Rua A30, no Bairro Tropical.

E por último, Valdeir Vieira de Souza, 29 anos, foi assassinado na zona rural de Parauapebas, neste domingo (19).

veja também