Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebas: Vereador Maridé Gomes é entrevistado no Café com a Imprensa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O vereador Maridé Gomes (PSC) foi entrevistado na manhã desta quinta-feira (8) durante o programa “Café com a Imprensa”, realizado pela Assessoria de Comunicação da Câmara Municipal de Vereadores de Parauapebas.

Sobre o vereador Maridé:
Maridé Gomes da Silva é o caçula de uma família humilde de 12 filhos. Nasceu no dia 28 de maio de 1967, em Piracuruca-PI, mas foi criado na cidade de Matões-MA. Em razão das adversidades da família abriu mão de sua infância e adolescência para ajudar seus pais na árdua vida de agricultor.


Aos 19 anos, em 1986, chegou em Parauapebas trazendo na bagagem a esperança e a fé em Deus. Neste município constituiu família e sua vida profissional. Aqui trabalhou como jardineiro, motorista e operador de máquinas pesadas. Na vida pública atuou em atividades diversas, sendo candidato a vereador por duas vezes em 2004 e 2008. Na Secretaria Municipal de Obras – SEMOB foi chefe de transporte e de terraplanagem.

O jovem pobre e sem qualificação de 26 anos atrás foi abençoado por Deus nesta terra . Hoje é detentor de um patrimônio de inestimável valor: sua família. Casado com a professora Cimeire Silva da Silva, teve dois filhos: Thielly Sâmia da Silva e Thiago Breno da Silva. Sendo ainda agraciado com o mandato de vereador após receber 1.887 votos, a qual assume com muita gratidão, responsabilidade e acima de tudo com muita humildade.

Confira na íntegra os principais tópicos respondidos por Maridé:
Pronunciamentos:Alguns vereadores têm se comportado com imprudência em seus pronunciamentos, e isso infelizmente têm prejudicado os vereadores como eu que se comportam de maneira responsável.

Base de governo:Para dar governabilidade ao Governo de Valmir Mariano, o prefeito precisa de vereadores que estejam do seu lado e que votem em seus respectivos projetos. Neste momento faço parte da base aliada do governo, porém, isso não quer dizer que eu possa votar em todos os projetos.

Balanço:Provavelmente sou um dos vereadores que menos apresentei requerimentos na Câmara Municipal de Parauapebas. Acho que muitos requerimentos estão sendo apresentados, e se continuar assim, as mesas dos secretários de governo e prefeito municipal irão ficar acumulando requerimentos.Temos que atuar de uma forma que a população de fato possa ser beneficiada por nossas ações.Até agora avalio meu mandato como muito produtivo, e podem ter certeza que não estou preocupado em reeleição, e sim em fazer um serviço prestativo durante estes quatro anos de mandato.

Religião:Creio que não fui eleito apenas pelo povo evangélico, e entendo que meu mandato tem que ser voltado para toda a população de Parauapebas.Deixo claro que não consigo e não conseguirei atender toda a demanda que chega em meu gabinete, porém venho fazendo meu papel e auxiliando nosso povo da melhor maneira possível.

Avaliação da presidência de Josineto Feitosa:Avalio o início da presidência de Josineto Feitosa na Câmara de Vereadores da mesma forma que avalio o início da gestão do prefeito Valmir Mariano. Todo início de governo é complicado e com o tempo as coisas vão se encaixando, mas se eu estivesse no lugar de Josineto, antes de criticar o prefeito, primeiro arrumaria os problemas existentes na Câmara de Vereadores. Temos que arrumar a nossa casa, para depois questionar o vizinho.

Publicidade

Veja
Também