PARAUAPEBAS: Vídeo publicado no início da pandemia é repostado e viraliza na internet

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Vídeo antigo gravado em 2020 pelo Prefeito Darci foi repostado e viralizou recentemente

A liberdade de expressão tão esperada e há tanto tempo contido na Constituição Federal, enfim, com o advento da internet, se tornou ainda mais realidade.
E o que se vê são repassando informações ou emitindo opiniões à respeito dos mais diversos assuntos, porém, infelizmente, algumas postagens acabam sendo feitas de forma irresponsável.

Mas, toda essa liberdade tem um preço e uma responsabilidade. E para essa parte que, a maioria das pessoas, não tem se atentado; motivo que se veem circulando nas redes sociais notícias de cães ou pessoas desaparecidas, e já encontradas, há vários meses e em outras regiões. Acidentes naturais ou de trânsito, ou até violência física, ocorridos em outros Estados e até países, sendo noticiados como se fossem aqui em nossa cidade.


As pessoas parecem sentir necessidade de repassar, e não se preocupam em checar a fonte ou se é algo recente. Apenas repassam. Muitas vezes com a boa intenção de contribuir, outras, para atrapalhar a ordem das coisas ou o sucesso do trabalho de alguém.

Situação semelhante está acontecendo em Parauapebas, onde pessoas têm compartilhado um vídeo produzido pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal, em que o prefeito Darci Lermen alerta a população a respeito de medidas contidas no Decreto 555, publicado no dia 1º de junho de 2020, que dispões sobre medidas temporárias de distanciamento controlado, visando a prevenção e o enfrentamento à pandemia da Covid-19 e determina a adoção de plano de contingência de transmissão da Covid-19 por empresas mineradoras, no âmbito do município de Parauapebas.

No vídeo, o prefeito cita o decreto, uma prova de que o material foi produzido e publicado na mesma época. Logo no início Darci cita a restrição da entrada de pessoas vindas de outros lugares; assim ele está se referindo às Barreiras Sanitárias, tendo uma delas sido montada na Rodovia PA 275. Cita ainda o acompanhamento dos passageiros que chegavam pelo aeroporto em Carajás, da suspensão do transporte de passageiros via terrestre, ferrovia e rodovia.

O cancelamento das reservas nos hotéis foi outra recomendação feita no vídeo, explicando por ser, de acordo com parecer do Ministério da Saúde, as duas semana sem que haveria maior contágio no Brasil.

As feiras púbicas e mercados, também, na época, passaram por restrições, conforme também citado no vídeo; tendo como iniciativa a aquisição dos produtos da agricultura familiar para distribuição às famílias carentes.

Darci cita de forma clara: “O Decreto determina também o fechamento de bares e restaurantes; e a suspensão de atividades religiosas nos templos”. Um sinal claro de que o material que viralizou na internet, não é de agora.

O remanejo dos moradores de rua também foi feito na época; como sinal de responsabilidade com a vida de todos, independentemente da condição social. A citação do recurso que seria, e foi, liberado pelo Banco do Povo, também deixa claro que o vídeo foi preparado no início do mês de junho do ano passado, 2020, bem como a citação do aumento da cota do Programa Gira Renda, com a ampliação do número de famílias beneficiadas, não deixa dúvida.

Não foi possível apurar, ao certo, se quem iniciou a repostagem do vídeo tem como intenção prejudicar o governo, passando a impressão de que as medidas severas e restritivas estão sendo aplicadas agora, ou se o intuito é contribuir com a prevenção do contágio pelo Coronavírus.

Confira abaixo o vídeo antigo que acabou viralizando:

Publicidade

veja também