Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Parauapebense teve quadro exposto no principal evento de arte contemporânea do mundo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Sansão Antcorpus atualmente está morando em Dublin, na Irlanda como intercambista. O artista plástico nasceu em Parauapebas e foi em um projeto social desenvolvido pelo professor e artista plástico Afonso Camargo onde começou a absorver conhecimentos no segmento realista. A partir daí, não parou mais e quis expandir seus conhecimentos e aprimorar as técnicas.

O artista plástico participou do principal evento de arte contemporânea, o carrossel Du Louvre, em Paris. A 25° edição do salão foi realizada no período de 18 a 20 de outubro e mais de 400 artistas de todos os países participaram do evento. “Uma experiência sem preço de estar junto de tantos profissionais de todos os cantos do mundo. Prestigiar e participar de tudo isso, além de estar representando o estado do Pará e a nossa cidade de Parauapebas é na verdade estar provando que sonhos são possíveis de serem realizados. Sempre acredite que você pode”, destaca o artista plástico.


 

A obra que esteve em exposição foi chamada de indígena, referente a uma foto de uma jovem índia da aldeia Xikrin do Cateté, localizada na Floresta Nacional de Carajás. A tela foi desenhada com grafite e com referência a uma foto tirada pelo fotógrafo Anderson Souza, também de Parauapebas.

“Foi algo muito importante estar representando o trabalho nessa exposição. Estou com expectativa muito boa para fazer exposições em Miami, Bruxelas e Portugal. Fica meu agradecimento a todos de Parauapebas em especial à minha família e amigos. Esse é um momento que eu não poderia deixar de compartilhar com todos”, relata Sansão Antcorpus.

Publicidade

Veja
Também