Paysandu e arbitragem empatam em 1×1 com o Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Mais uma vez a arbitragem que é comandada pela Federação Paraense de Futebol (FPF) influenciou e prejudicou e muito o Parauapebas Futebol Clube (PFC). Desta vez, o vexame foi durante a partida entre Parauapebas e Paysandu, ocorrida no último domingo (20), no Estádio Rosenão, quando o “Gigante de Aço” recebeu o time da capital pela segunda rodada do Parazão 2016.

Em uma atuação totalmente desastrosa e tendenciosa, o arbitro Nadilson Santos deixou diretoria, jogadores e torcedores do Parauapebas Futebol Clube totalmente revoltados, tendo em vista que mesmo levando o primeiro gol na partida, o “Gigante de Aço” estava vivo, empatou o jogo e pressionou muito o Paysandu com ótimas jogadas, porém, não chegou mais próximo do gol da virada por erros da arbitragem.


“Mais uma vez o Parauapebas Futebol Clube foi prejudicado pela arbitragem, ainda neste campeonato tivemos uma derrota para o Águia, em Marabá e um empate com o Independente em Tucuruí, por erro grotesco da arbitragem, e agora, mais uma vez saímos de campo sem vencer e todos puderam ver a péssima atuação do senhor Nadilson Santos. Isso é revoltante e vamos estudar uma ação para cobrar uma resposta da Federação Paraense de Futebol”, destacou o Presidente do Parauapebas, Robervaldo Freitas.

O Jogo

O Paysandu, campeão do primeiro turno, tentava sua primeira vitória na Taça Estado do Pará contra o Parauapebas, no Estádio Rosenão, o Papão até saiu na frente, mas ficou só no empate pelo placar de 1 x 1.

Os gols saíram ainda no primeiro tempo de partida. O Bicola saiu na frente com um belo gol do meia Celsinho, que arrematou um belo chute de fora da área. O empate do Parauapebas também foi com estilo, com o atacante Magno, que chutou no alto do goleiro Emerson. 1 x 1.

Na terceira rodada, o Paysandu volta a jogar em casa, contra o Cametá, no próximo dia 30, no Estádio da Curuzu. Já o Parauapebas, terá que visitar o Paragominas, no dia 26, na Arena do Município Verde, em Paragominas.

Ficha técnica

Parauapebas: Maycki Douglas; João Rodrigo, Yuri, Airton Júnior e Eder (Léo); Anderson Pedra, Bruno Potiguar (Neto), Matheus Moreno e Fininho; Magno e Souza (Danúbio). Técnico: Sinomar Naves.

Paysandu: Emerson; Roniery (Crystian), Fernando Lombardi, Pablo e Lucas; Augusto Recife, Ilaílson, Paulinho (Bruno Veiga) e Celsinho; Fabinho Alves e Leandro Cearense (Betinho).

Técnico: Dado Cavalcanti

Gols: Magno (Parauapebas) / Celsinho (Paysandu)

Estádio: Rosenão, Parauapebas (PA)

Árbitro: Nadilson Santos

Público: 1.020 pagantes / 450 credenciados

Publicidade

veja também