Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Pistoleiro erra alvo e acerta outra pessoa em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Ao tentar matar com tiro de espingarda o inimigo Roni Saraiva Correa, o atirador Evaldo Lima de Sousa, conhecido por “Baixinho”, errou o alvo e acertou Raimundo Nonato Cunha da Silva, que se encontrava sentado numa cadeira ao lado de Roni e morreu no local. O homicídio ocorreu por volta das 19h30 do último domingo (17), no Bairro Céu Azul, em Parauapebas.

De acordo com o delegado Thiago Carneiro, minutos depois do assassinato, a Polícia Militar saiu em diligência e prendeu “Baixinho”, que prestou depoimento na Delegacia de Polícia Civil e se encontra recolhido ao xadrez à disposição da Justiça.


Ouvido pela reportagem, Roni Correa contou que há cinco meses teve uma discussão com Evaldo Lima, que quase terminou em briga. “Ontem (domingo), ele ingeriu bebida alcoólica, me viu, ficou com raiva, veio pra cima de mim pra atirar e acabou acertando meu amigo Raimundo”, descreve Roni Correa, que chegou a ser atingido com um tiro de raspão nas costas.

Por sua vez, Evaldo Lima alegou que já tinha sido ameaçado de morte por Roni e um amigo deste, identificado pelo prenome de Fernando. “Uma vez, eles correram atrás de mim para me matar com uma faca. Como não conseguiram, acabaram matando meu cachorro e jogando o animal no meio da rua”, revelou o homicida.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva – Da redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também