Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Pistoleiros executam presidente de cooperativa na porta de casa em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Em entrevista cedida ao Portal Pebinha de Açúcar, a esposa da vítima afirmou que o marido tinha falado em uma reunião que estava sendo ameaçado de morte

Investigadores da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas abriram inquérito para apurar a morte de um presidente de cooperativa. Ele foi executado a sangue frio na noite da última terça-feira (6). Trata-se de João Inácio da Silva, conhecido como “Joãozinho”, que tinha 72 anos de idade e presidia a Cooperativa Agrícola e Habitacional Montes Belos. Ele deixa a esposa viúva e 12 filhos.


De acordo com informações repassadas para a polícia e obtidas pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, o crime aconteceu por volta das 18h30 na frente da residência do presidente, localizada na Rua Frankfurt, no Bairro Vila Rica, em Parauapebas.

Foto de Joãozinho ainda em vida

 

Segundo informações do Delegado Nelson Alves Júnior, diretor interino da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, Joãozinho estava na hora do assassinato tranquilamente conversando com amigos, momento em que dois elementos chegaram em uma motocicleta e um deles confirmou ser de fato o alvo e atirou duas vezes, porém, a arma falhou. Posteriormente os elementos insistiram e acabaram matando a vítima sem chances de defesa.
“Estamos com o processo de investigação em aberto, sabemos que ele fazia cadastro de acampamentos e buscava junto ao INCRA terras para colonos e iremos apurar todas as informações para chegar até a motivação do crime”, relatou o delegado.

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar também conversou nesta manhã com Almariza Silva, esposa de Joãozinho. “Ele falou recentemente em uma reunião que estava sendo ameaçado de morte, não chegou a falar detalhes, mas citou o caso”, relatou a dona de casa que está bastante chocada com a morte de seu companheiro.

Publicidade

Veja
Também