Publicidade

Polícia Civil do Pará prende acusado de estupros de menores que estava foragido no Rio de Janeiro

Um paraense acusado de estupro de vulnerável foi preso, nesta quarta-feira (26), na cidade do Rio de Janeiro. Ele estava foragido do sistema penal desde 2008, onde cumpria pena pelo crime de estupro. A ação conjunta que resultou na prisão foi realizada pelas Polícias Civis do Pará e Rio de Janeiro.

“Ele evadiu-se a partir de uma saída temporária e, logo após, teria praticado pelo menos mais dois estupros contra menores de 12 anos. Dentre os relatos dos crimes praticados, o que chama mais atenção foi o fato de que em um deles o acusado teria obrigado uma vítima a ter relações sexuais com o próprio filho. Este caso foi encaminhado a Divisão de Crimes Tecnológicos, na medida em que o acusado passou a divulgar as imagens com conteúdo de pornografia infantil. Nesta unidade foi investigado, qualificado e representado pela preventiva no ano de 2017. Contudo, o indivíduo permaneceu foragido”, explicou o delegado-geral Alberto Teixeira.


A comunicação entre os setores de Inteligência da Polícia Civil (NIP/PCPA) e a Subsecretaria de Inteligência da Secretaria de Polícia Civil do Rio de Janeiro (SSINTE/Sepol) foi fundamental para o êxito da missão, além da participação dos setores de Identificação das Polícias Civis do Pará (Diretoria de Identificação “Enéas Martins” – Didem) e do Rio de Janeiro (Instituto Félix Pacheco – IFP).

“A operação iniciou em janeiro deste ano, com diversas técnicas de investigação. No momento da prisão, o indivíduo ainda tentou evadir-se da aplicação da lei penal, apresentando-se como se fosse outra pessoa. A pronta atuação dos setores de identificação foi fundamental para o êxito da prisão”, informou o titular da Polícia Civil.

O acusado foi encaminhado para a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu