Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Polícia Civil incinera mais de uma tonelada de drogas apreendidas no Pará

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A destruição dos entorpecentes foi realizada em uma indústria de cerâmica, no município de Marituba, na Grande Belém. Um comboio formado por viaturas da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) e da Diretoria de Polícia Metropolitana (DPM), com apoio de policiais civis do Grupo de Pronto-Emprego (GPE), levou as drogas desde a sede da DRE, na rodovia Mário Covas, em Ananindeua, até a indústria, localizada na rua Manoel de Souza, bairro da Pedreirinha, em Marituba. A incineração é alusiva à data de 26 de junho, Dia Internacional de Combate ao Tráfico e ao Consumo de Drogas.

O procedimento de queima das drogas contou com acompanhamento de uma equipe da Vigilância Sanitária Municipal e um representante da Corregedoria da Polícia Civil. De acordo com o delegado Hennison Jacob, diretor da DRE, de janeiro até junho deste ano, mais de meia tonelada de drogas foi apreendida no Estado.


A incineração foi realizada mediante autorização da Justiça. Entre as drogas destruídas estão, em maior parte, maconha em formatos prensado, haxixe e limãozinho. Entre as drogas incineradas estão as que foram apreendidas nas maiores apreensões de drogas do ano no Estado do Pará. Uma delas foi realizada pela DRE, em abril, na Alça Viária, em Marituba.

Foram apreendidos, na ocasião, 234 quilos, entre maconha, pedras de óxi, pó e pasta de cocaína, encontrados dentro da caixa de som de uma caminhonete Saveiro branca, placa NXI 0627, de Goiás. Foi a maior apreensão de drogas do ano de 2015 no Pará.

O veículo foi transportado desde Goiânia, capital de Goiás, até a cidade de Redenção, no sudeste do Pará.

Ao chegar a esta cidade, a caminhonete foi embarcada em um carro-guincho, que a conduziria até Castanhal, nordeste paraense, de onde seria distribuída para a região metropolitana de Belém e para cidades do nordeste do Estado.

Antes de chegar ao destino, o veículo foi interceptado pela equipe de policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecentes. Quatro pessoas foram presas. A outra apreensão foram apreendidos 198 quilos de maconha na Região Metropolitana de Belém.

Quatro pessoas foram presas em uma quitinete alugada, no bairro do Paracuri II, distrito de Icoaraci, em Belém. Dentro do imóvel, estavam os quase 200 quilos de maconha prensada pronta para venda.

A delegada Fernanda Almeida, titular da Polícia Civil no município, esteve presente na incineração em Marituba. Segundo ela, no total, cerca de 130 quilos de maconha prensada em formato de tabletes foram apreendidos na zona rural do município pelas Polícias Civil e Militar. A droga estava escondida dentro de uma caixa d’água e foi localizada em um matagal. O responsável pela droga fugiu na ocasião.

De acordo com o delegado João Bosco Rodrigues, desde o ano de 2011, o Sistema de Segurança Pública do Governo do Estado tem investido no aparelhamento das Polícias do Estado para intensificar as ações de repressão ao crime de tráfico de drogas. Entre os investimentos estão a aquisição de novas aeronaves do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (GRAESP) e aumento das bases de atuação do Grupamento, em todo Estado, além da ampliação da estrutura da DRE, que passará a ser chamada de Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos). As obras de construção do novo prédio da Denarc, localizado na antiga Delegacia do bairro do Telégrafo, estão em andamento, com previsão de inauguração até o final deste ano.

Publicidade

Veja
Também