Polícia Civil investiga atropelamento de flanelinha no Bairro da Paz

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar a morte de Gilmar da Silva, 39 anos, atropelado na Rua Santa Maria, na madrugada de hoje, 1º de julho, onde após o sinistro o condutor não prestou socorro á vítima.

A situação foi verificada por uma guarnição da Polícia Militar, comunicada de que na avenida Santa Maria, no Bairro da Paz havia ocorrido um acidente de trânsito com vítima fatal. Porém, com a chegada do Instituto Médico Legal (IML) da Polícia Civil, durante a perícia no local com o corpo ainda ao solo, a perita Daniele verificou duas perfurações no corpo da vítima na região do abdômen e crânio, o que em sua avaliação tenha sido, possivelmente, realizada por arma branca, mas, não soube precisar se estas teriam acontecido anterior ou posterior ao atropelamento.


Foto de documento da vítima fatal

 

Informações extraoficiais de testemunhas, dão conta que o flanelinha antes de ser atropelado acabou sendo golpeado por homens que logo após o atropelaram e passaram o carro por cima do corpo da vítima por várias vezes. As informações estão sendo apuradas pelos investigadores.

Só a perícia dará de fato o parecer técnico a respeito da morte de Gilmar. O caso segue investigado pela 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas.

veja também