Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Polícia continua investigando caso de criança recém-nascida encontrada no lixão de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Civil continua investigando o caso da criança recém-nascida que foi encontrada na manhã de sexta-feira (15) no lixão municipal de Parauapebas.

Para contribuir nas diligências de investigação, o delegado plantonista Thiago Carneiro pede que a população avise à polícia se conhecia alguma mulher grávida que por ventura esteja agora sem a “barriga” e sem o filho.


A polícia ficou de ouvir os motoristas de plantão que coletaram lixo nos bairros da cidade e levaram na noite de quinta para sexta-feira para o aterro sanitário, para saber de qual bairro se originou o lixo onde o recém-nascido foi apanhado. A partir dessas informações, a polícia acredita que fica mais fácil trabalhar na investigação.

O corpo da criança, do sexo masculino, foi encontrado no meio do lixo com marcas de violência à altura da cabeça e pescoço e encaminhado para o Institutito de Medicina Legal (IML) em Marabá. Até o fechamento desta matéria, ninguém havia se apresentado na Delegacia de Polícia para repassar alguma informação sobre o caso.

Reportagem: Vela Preta / Waldyr Silva – Da redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também