Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Polícia já sabe quem é o motorista que atropelou e matou mulher no Cidade Jardim

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Até o fechamento desta matéria, o motorista não tinha se apresentado à polícia

A Polícia Civil do Pará em Parauapebas já identificou o motorista do táxi que atropelou e matou Eliana Alves Mendes, conhecida como Lilian, de 42 anos, por volta 18 horas na Avenida Dr. Alfredo Amâncio Filho, antiga Avenida dos Buritis, bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, como foi noticiado AQUI no Portal Pebinha de Açúcar. Ele é Reginaldo Carneiro dos Santos, conhecido como “Maranhão”. Casado, 46 anos, ele não possui concessão de táxi em Parauapebas, trabalha como motorista auxiliar.

Desde o atropelamento, quando imagens começaram a circular nas redes sociais, a polícia civil buscava identificar o motorista, e isso se deu uma hora após a tragédia que vitimou Lilian. De lá pra cá delegado Gabriel Henrique Alves Costa, plantonista da 20º Seccional de Polícia Civil de Parauapebas fez várias incursões pela cidade para encontrar Reginaldo, mas todas foram em vão. Em contato com a família dele, o delegado a recebeu a informação de que não sabiam do paradeiro do taxista.


O veículo, um Chevrolet Classic, ano 2015, em nome de Marcos Silva Ribeiro, afiliado da Cooperativa de Táxi Lotação de Parauapebas – Cooptalp – no entanto, foi encontrado e apreendido pela polícia civil. Ele está na delegacia local onde deve passar por perícia para confirmar que foi mesmo o que atropelou Lilian.

 

O acidente

Lilian Mendes, empresária, estava próxima a um bar na Avenida dos Buritis, no bairro Cidade Jardim, em Parauapebas, conversando ao telefone no canteiro central da avenida. Ao descer do canteiro tentou atravessar a rua quando foi fortemente abalroada pelo veículo citado. Tudo aconteceu muito rapidamente, sendo que uma câmera de segurança flagrou a vítima sendo arremessada por metros após o impacto. Funcionários do Samu prestaram os primeiros socorros à vítima ainda no local do acidente. Ela estava com inúmeras fraturas pelo corpo e devido à gravidade dos ferimentos e ao estado de choque em que se encontrava, ela foi submetida à reanimação e logo depois levada a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Todavia, para tristeza de amigos e familiares, minutos depois os médicos anunciaram sua morte. Ela deixa dois filhos.

O velório de Lilian Mendes será na Igreja Adventista do Sétimo Dia, localizada na Rua N, entre as ruas 16 e 17, no bairro União. A partir das 09h30.

Reginaldo Carneiro é considerado foragido pela polícia, que continua buscando localizá-lo.

Publicidade

Veja
Também