Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Polícia Militar do Pará terá 100% das viaturas trocadas por pickups

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pela primeira vez a frota de veículos da Polícia Militar destinada ao atendimento das ocorrências feitas pelos cidadãos será inteiramente de caminhonetes. Começa no dia 31 de agosto a entrega de parte das 1.154 viaturas Hilux e Duster que substituirão todos os 899 Palio Weekend, Logan e Amarok utilizados neste atendimento já há cerca de dois anos. O governador Helder Barbalho fará, à ocasião, no estacionamento do Mangueirão, a entrega de 418 pickups, que serão postas imediatamente em atividade na Região Metropolitana de Belém (RMB).

Será um dia histórico na corporação, segundo o Comandante-Geral da PM, Cel. Dilson Júnior. “Teremos uma frota operacional de maior resistência e robustez, compatível com nossas vias, vicinais, estradas, e isso deve proporcionar uma maior ostensividade”.


Coronel Dilson Júnior afirmou que embora sejam carros de maior valor de mercado e em maior quantidade, o Estado conseguiu economizar neste novo contrato, com validade de dois anos. “Todos são movidos a diesel, ao contrário dos que temos hoje, abastecidos com gasolina. Atualmente, cada unidade custa cerca de R$ 5,4 mil, mensais, e com o novo processo licitatório realizado, as caminhonetes custarão cerca de R$ 3,4 mil, cada uma, e com aumento real no quantitativo”.

O aumento no número de carros deve garantir pelo menos uma viatura em cidades do interior paraense que hoje têm somente carros inadequados ou motos, ou não contam com nenhum tipo de automóvel.

As dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus impediram que a empresa vencedora da licitação disponibilizasse todos os veículos de uma vez. “A cada 15 dias chegam mais outras novas unidades, de modo que penso que, até, no máximo, novembro toda a frota de todo o Estado estará inteiramente renovada”, antecipa o coronel Dilson Júnior.

Já o major João Azevedo, chefe da seção de Gerenciamento e Controle de Frota do Almoxarifado Central da PM, ressalta o ganho para um exercício ainda mais digno da tarefa de proteger a população. “Com veículos mais apropriados, os agentes estarão mais confortáveis e seguros para cumprir os chamados. Isso é um ganho na qualidade de vida deles”.

Tão logo terminar a distribuição pela RMB, começam os envios de carros para os Comandos do Policiamento Regional (CPRs) das regiões de Marabá, do Marajó, de Santarém, e de Bragança e outras.

“São veículos novos, que naturalmente irão demorar mais um pouco para apresentar problemas mecânicos. O grafismo que identifica as viaturas também será trocado, e creio que logo em breve toda a população passará a identificar muito mais rapidamente a presença da Polícia Militar nas ruas”, destaca o major João Azevedo.

O governador Helder Barbalho vai entregar logo no início da semana 418 pickups

 

Publicidade

Veja
Também