Polícia Militar recupera carga de cigarros furtada e um dos assaltantes é morto em troca de tiros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uma guarnição da Polícia Militar recuperou em Eldorado do Carajás uma carga de cigarros que tinha sido furtada da empresa Souza Cruz em assalto ocorrido no ramal da BR-155, próximo da antiga fazenda Bamerindus. A carga foi recuperada por volta das 13h30 desta quarta-feira (22) na vicinal Jandaia. O roubo foi feito por indivíduos armados que utilizavam uma kombi e uma picape, ambos de cor branca.

Após o assalto do caminhão, os bandidos rumaram na direção da sede do município de Eldorado do Carajás, mas foram localizados através de rastreador que a carga possuía, dando conta que os elementos se encontravam na vicinal Jandaia, zona rural do município. Rumando para o local indicado, conforme as coordenadas, os policiais avistaram ao longe uma kombi e abordaram o veículo, porém nada foi encontrado.


Uma testemunha comunicou à guarnição que tinha visto uns homens tirando algumas caixas de dentro de uma kombi, colocando em cima de uma picape branca e saindo dali às pressas, e apontou a direção que o veículo tinha saído.

Com mais esta pista, de acordo ainda com os PMS, eles seguiram e num determinado trecho da estrada avistaram o veículo suspeito. Ao perceberem a aproximação da guarnição, o veículo se evadiu e aí os policiais perseguiram os suspeitos com giroflex e sinais sonoros da viatura ligados. Mas o condutor do veículo desobedeceu à ordem da autoridade policial e continuou a correr em alta velocidade, colocando a vida dos moradores e da guarnição em risco.

Na região conhecida por “Curral 4”, o motorista suspeito perdeu o controle do veículo, parou e os indivíduos desceram do veículo disparando contra a guarnição, que desembarcou da viatura e revidou, vindo a atingir um dos suspeitos.

Devido não ter como acionar a ambulância, a guarnição de imediato colocou o suspeito na viatura e o levou até o hospital de Eldorado do Carajás para prestar socorro, porém, o indivíduo não resistiu e evoluiu a óbito.

Segundo ainda os policiais, foram encontradas dentro da picape uma grande quantidade de cigarros, isqueiros e algumas peças de roupas semelhantes às usadas pelos indivíduos no roubo. Foi encontrado também no bolso do suspeito atingido duas munições de calibre 38 intactas e na arma que estava com ele cinco munições deflagradas.

Ao chegar à Delegacia de Polícia Civil de Eldorado para informar o ocorrido e apresentar todos os produtos envolvidos na ocorrência, foi constado que a vítima estava com a carteira de identidade falsa no nome de André Nogueira Rodrigues, mas seu nome verdadeiro é Anderson Delano de Campos, 40 anos, conhecido por “Derson”, que possuía um mandado de prisão em aberto, sendo, segundo a polícia, elemento de alta periculosidade com diversas acusações contra ele no município.

veja também