Polícia Militar tira de circulação quadrilha especializada em roubo de motos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Polícia Militar de Eldorado do Carajás, comandada pelo Tenente Honorato, tirou de circulação na última quinta-feira (25) uma temida quadrilha especializada em roubo no município. As motocicletas eram as mais procuradas pelos criminosos.
Com apoio de dono de oficina, a quadrilha se especializou em adulterar documentos, adulterar chassis e motor dos veículos, causando prejuízo e pânico na cidade, são muitos os registros de roubos e segundo as autoridades, os criminosos não tinham pena de ninguém.
Os elementos, identificados pela polícia, são: João Paulo da Silva Soares (18 anos), Alex Rodrigues da Silva (21 anos),  Orlando Delano Campos (44 anos) e Dieres da Silva Mendes (26 anos). Todos são residentes em Eldorado e taxados como perigosos, vão responder por vários crimes na forma da lei.
De acordo com a Polícia Militar, após dar início as rondas na zona rural do município, receberam uma denúncia anônima nesta quinta-feira que dava conta de um possível desmanche de motocicletas e que no local estava sendo desmontada um veículo, na região da Santa Maria zona rural de Eldorado do Carajás.
Diante das informações, a equipe da Ronda Rural foi até o local que fica distante cerca de 30 quilômetros do centro da cidade e os policiais constataram a denúncia, no local dois dos integrantes da quadrilha, identificados por Alex Rodrigues e João Paulo foram presos em flagrante e com eles apreendido uma motocicleta com motor roubado.
Durante o interrogatório da polícia, o criminoso identificado por Alex Rodrigues entregou os outros membros da quadrilha e informou que eles estariam com outras motocicletas oriundas de furto/roubo. A polícia fez diligências e um dono de oficina mecânica que dava apoio ao bando, identificado por Dieres da Silva, vulgo “Panda” foi preso. Com ele foi apreendida  uma Honda Biz preta com registro de roubo no banco de dados do DETRAN.
Com o outro criminoso identificado por Orlando Delano, foi encontrado uma Honda Titan prata com restrição de furto/roubo e uma Yamaha Fazer com chassi e motor raspado, 4 placas de motocicletas duas com restrição de furto/roubo e um CRLV falso. Orlando era responsável por comprar os documentos falsos que vinham de Goiânia.

veja também