Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Popó se despede do boxe com vitória em Belém

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Acelino Popó Freitas se despediu do boxe com vitória sobre o mexicano Gabriel “El Rey” Martinez na madrugada deste domingo (12) na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho, em Belém. Aos 42 anos, o atleta venceu os oito rounds por decisão unânime dos juízes por 75×74, 76×73 e 75×74.

“Quarenta e dois anos não é mais trinta e dois, foi bom parar assim. Se a gente para com nocaute seria golpe de sorte, ficaria com um gosto de quero mais, mas quis trazer um adversário bom, a vitória foi valorizada. Obrigado a todos. Se a gente não fizer as loucuras, nunca vamos saber quem verdadeiramente somos”, disse Popó após a luta.


Popó começou muito bem a luta, chegou a vencer o primeiro round com tranquilidade, mas depois sofreu bastante. No segundo round, o mexicano chegou a derrubar o brasileiro. Popó se recuperou, viu o rival ser punido e, ao término do combate, saiu vitorioso.

A carreira

Como pugilista amador, Popó conquistou medalha de Prata nos Jogos Pan-americanos de Mar del Plata-1995. Na fase profissional, o baiano de Salvador fez história com o recorde mundial de maior sequência de nocautes até chegar a um título mundial, ao alcançar 21 vitórias por nocaute.

São três títulos mundiais pela Organização Mundial de Boxe e outro pela Associação Mundial de Boxe, nas categorias super-penas e peso leve. Ele também recebeu o ‘título’ de supercampeão mundial de boxe por ter feito dez defesas de cinturão.

Reportagem: ORM News

Publicidade

Veja
Também