Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

População de Parauapebas e região sofre com altas temperaturas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O clima seco e quente tem mudado drasticamente o aspecto da região amazônica durante o mês de outubro. O que antes pareciam apenas previsões dos fins dos tempos, em que se dizia que o mundo acabaria em fogo, ultimamente essas profecias têm se tornado cada vez mais próximo do nosso dia-a-dia.

A região amazônica, que antes era conhecida por ter o clima mais úmido do planeta, hoje sofre um revés. Um exemplo disso é o município de Parauapebas, localizado no sudeste do Pará. Embora cercado em grande parte pela Floresta Nacional de Carajás (FLONACA), sofre com o clima quente e seco, com a umidade beirando a casa dos 50%.


E se não bastasse a baixa umidade e o forte calor, que neste início do mês varia entre os 36º C e os 38º C, as queimadas, que assolam a região, também contribuem para tornar o que já é quente num verdadeiro caldeirão.

O perímetro urbano da cidade é cercado de um lado por serras e de outro por pastos, trazendo ventos de 4 a 6 km/h, que aumentam a sensação térmica, nos levando a crê, que a temperatura esteja na casa dos 40º C.

Reportagem: Anderson Souza – Colaborador e parceiro do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também