Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

População não aprova proposta de mudança de local da UPA em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O motivo da mudança de endereço da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que fica localizada no Bairro Cidade Jardim, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas (Semsa), é o fato de que as pessoas, por causa das dificuldades no acesso, têm preferido procurar o Hospital Geral de Parauapebas (HGP), que fica no Bairro Cidade Nova, o que tem causado grandes congestionamentos e demoras nos atendimentos naquele grande complexo de saúde.

O plano do governo municipal é construir mais 30 leitos anexos à Policlínica, que funcionará como UPA e Pronto Socorro, no Bairro Jardim Canadá, próximo à Prefeitura Municipal de Parauapebas.


As mudanças poderão ser o prenúncio do fechamento do Pronto Socorro, hoje, existente no Hospital Municipal de Parauapebas, no Bairro Cidade Nova; fato que de acordo com a Secretaria de Saúde, se consumará de acordo com a absorção da demanda na nova estrutura que deverá ser implantada anexa à Policlínica.

“A UPA tem que ficar onde estar, o governo tem que construir outra ou melhorar o atendimento da emergência no Cidade Nova”. Esta é a opinião do internauta Lucio Carneiro de Morais, quando leu a matéria publicada no Portal Pebinha de Açúcar, intitulada: “Prefeitura anuncia mudanças na saúde, entre elas, está a troca de local da UPA do Cidade Jardim”.

Com ele, fazem coro inúmeros outros internautas que deixaram suas opiniões, algumas delas, com propostas de melhorias e ampliações sem mudança de endereços. Foi o caso de Fernandes Alves Pereira, que diz não concordar com a mudança de local da UPA. “Deveria sim, melhorar a qualidade no atendimento médico da UPA e do HGP e demais postos de saúde. Outra coisa importante é construir e ampliar o Pronto Socorro Municipal para transformar em um hospital de referência, mas transformar a atual UPA num prédio abandonado, não concordo”, propõe o discordante Fernandes Alves.

A duplicação das unidades de saúde também chega através das propostas dos internautas que, assim como Marlene Oliveira, propõe que “deveriam deixar essa UPA lá e construir outra aqui mais próxima do Bairro Cidade Nova ou mesmo em anexo à Policlínica, pois lá no bairro Cidade Jardim também precisa”.

“Não concordo com a mudança da UPA. Porque ao invés de mudar não constrói outra? Seria bem mais interessante não?”, questiona Dina Sousa.

Outra preocupação apresentada pelos internautas é o fim dado ao prédio onde atualmente funciona a UPA, já que naquele bairro, Cidade Jardim, já há muitas obras públicas paradas. “Cidade Jardim tem construções de escolas abandonados e agora querem fazer isso com o prédio da UPA!? Eu penso que ainda dá tempo de fazer uma boa administração com o dinheiro público”, propõe Ana Valente.

Ao contrário das melhorias citadas pela Secretaria de Saúde, muitos internautas discordam e dizem que o acesso ao Bairro Jardim Canadá, para onde se pretende levar a UPA é ainda mais difícil do que para o Cidade Jardim.

“Não concordo com isso; fazendo essa mudança vai melhorar em quê? O acesso a este bairro é complicado pior que para o Cidade Jardim”, discorda o internauta Laercio Ferreira Sousa.

Pelos comentários deixados em nossa página no Facebook, nota-se ser melhor que a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) reavalie a proposta de mudança da UPA para o bairro Jardim Canadá, evitando assim desgaste e a agitação popular que já promete fazer mobilização contrária. “Não podemos deixar esse #@&%[email protected]# fazer isso com os moradores do Cidade Jardim. Vamos mobilizar”, convida Elizeu Teixeira.

Publicidade

Veja
Também