Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

População protesta e Cepeja não sairá do Bairro Vila Rica

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Um clamor vindo da população que se viu na possibilidade de ser prejudicada com a retirada de importantes serviços que deixariam de atender a comunidade do Complexo Altamira, composto pelos bairros Vila Rica, Tropical, Ipiranga, Casas Populares I e II, Alto Bonito e Residencial Ipê, em Parauapebas.

Trata-se do Centro de Ensino Personalizado do 6º ao 9º ano para Educação de Jovens e Adultos (Cepeja), que seria retirado do Bairro Vila Rica, onde atende há pelo menos 6 anos jovens e adultos, quase em sua totalidade, pessoas de baixa renda, o que impossibilitaria a sequência dos estudos bem como de ser iniciado por outros, pois, a escola, segundo planos do Governo Municipal seria implantada no complexo de bairros VS-10.


A alegação do governo de levar a escola para a VS-10 faria sentido, já que chegaria perto de comunidade com numerosa população que precisa deste tipo de serviço; mas, perde totalmente quando é retirada de uma comunidade com perfil semelhante. “É como descobrir um santo para cobrir o outro”, explica dona Carmosina Teixeira, lembrando que concluiu o curso naquela unidade e conhece outras muitas pessoas que estudaram e ainda estudam ali.

Para garantir a permanência da escola no Bairro Vila Rica, a população prometeu fazer manifestação, pedindo antes o apoio dos veículos de comunicação que tornaram público a reivindicação que, chegando ao governo foi reavaliada. A população, com o apoio da imprensa teve a vitória e a escola será mantida no mesmo endereço.

Mas, a comunidade que esperava ser contemplada, no complexo de bairros VS-10, não saiu no prejuízo, pois, o governo municipal após decidir manter a escola no Bairro Vila Rica decidiu que implantará uma para assim atende-la.

“Nosso objetivo é contemplar toda a população; assim, chegamos ao entendimento que não é preciso mudar, mas, sim, implantar outra. E assim faremos pelo bem de toda a população”, resumiu Roque Dutra, chefe de gabinete do prefeito Darci Lermen.

Publicidade

Veja
Também