Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

População reclama das entregas dos Correios em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Diariamente fila de pessoas se forma nos fundos do Centro de Distribuição Domiciliar (CDD) dos Correios, localizado no bairro Beira Rio, em busca de encomendas que nunca são entregues

Você está esperando alguma encomenda há mais de 4 semanas e o carteiro nunca chega na sua porta para te entregar? Pois é, centenas de parauapebenses, todos os dias, vão ao Centro de Distribuição do Bairro Beira Rio em busca de alguma encomenda que o localizador diz: “Objeto foi encaminhado para CDD Parauapebas”, como é o caso da dona Débora Costa, que é auxiliar administrativa e há quase dois meses espera quatro caixas, que, segundo ela, já está na cidade e nunca recebeu.
“Já vim mais de quatro vezes aqui, e eles não atendem ou dizem que não sabem de nada, a mercadoria está parada aí dentro, e a única coisa que falam é que estão sem funcionários para lançar no sistema, para que a mercadoria poça ser encaminhada”, diz, revoltada a auxiliar administrativa.


Segundo alguns agentes que trabalham na estatal no município, o problema está no acúmulo ocasionado pela greve, que teve início no dia 17 de agosto, e, foi finalizada 35 dias depois, quando o Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou reajuste salarial de 2,6%.

 

Leandro Arrais está há quase dois meses esperando o documento de um veículo, e este atraso vem ocasionando prejuízo, pois o carro é fundamental para sua atividade laboral.
“É um descaso com a população, está é a terceira vez que venho aqui e um dos carteiros nos tratam como se estivéssemos atrapalhando, por isso a privatização dos Correios tem que acontecer logo”, afirma o cobrador, consternado.

Reportagem: Adersen Arantes | Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também