Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Por falta de pagamento, Rede Celpa corta energia de órgãos públicos da Prefeitura de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Alguns prédios de órgãos públicos ligados à Prefeitura Municipal de Parauapebas, mais precisamente da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) tiveram seus atendimentos suspensos devido ao corte no fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento de faturas.

Além do prédio da própria Secretaria Municipal de Assistência Social (foto), o Centro de Inclusão Produtiva da rua 4, o CRAS dos Minérios e o Conselho Tutelar 1 tiveram a energia cortada por falta de pagamento.


Outro prédio que também recebeu a visita de funcionários da Rede Celpa e teve o abastecimento de energia elétrica cortado foi onde está funcionando o centro de recadastramento biométrico da Justiça Eleitoral. Por mais que não seja um prédio que preste serviços para a Prefeitura de Parauapebas, o local foi alugado pela administração municipal e cedido, através de parceria ao TRE.
Devido ao corte de energia nesta semana, os serviços foram prejudicados.


Outro lado

A equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar visando fazer sempre um jornalismo sério e imparcial, entrou em contato com a Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Prefeitura de Parauapebas para que a mesma se pronunciasse sobre o assunto.

Em nota, a Prefeitura disse que “sobre a situação de corte de energia nos prédios públicos, a Prefeitura de Parauapebas esclarece que as medidas já estão sendo tomadas para que a situação seja regularizada o mais rápido possível. Para isto, há um processo em tramitação entre a Prefeitura de Parauapebas e a Celpa com o objetivo de realizar um encontro de contas”.

Através de e-mail, entramos também em contato com a Assessoria de Imprensa da Rede Celpa, porém, até o fechamento desta matéria, nossa equipe não recebeu nenhum posicionamento da empresa.

Reportagem: Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar
Foto: Reprodução/WhatsApp

Publicidade

Veja
Também