Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Prazo de notificação de vacinação contra febre aftosa termina dia 15

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Pará tem status de zona livre da febre aftosa com vacinação

A Agência de Defesa Agropecuária do Estado (Adepará) informa que o prazo final de notificação da vacinação contra a febre aftosa será na próxima quarta-feira (15). É obrigatório que os produtores rurais, após imunizarem seus rebanhos, comuniquem o ato à instituição.

A declaração da imunização deve ser feita, preferencialmente, de forma on line, por meio do Sistema de Integração Agropecuária (Siapec), conforme tutorial.


O produtor também pode realizar a notificação via e-mail ou telefone, junto à unidade local ou gerência regional do município de atuação. Os contatos estão disponíveis no site da Adepará: http://www.adepara.pa.gov.br/.

Além das citadas formas, a comprovação poderá ocorrer presencialmente, no escritório local de atuação do produtor. Serão cumpridas todas as recomendações de prevenção ao coronavírus durante o atendimento.

Diretor-geral da Adepará, Jamir Macedo reforça a necessidade de comunicação da imunização à Agência de Defesa Agropecuária. “É imprescindível que o produtor, após a vacinação, realize a notificação. No ato, é importante apresentar, além da nota fiscal de aquisição da vacina, a relação do rebanho, com a quantidade de animais, faixa etária e espécie trabalhada”.

O produtor que não notificar a vacinação estará sujeito à multa, cujo valor pode variar de acordo com a quantidade de animais.

CAMPANHA 2020

A primeira etapa da campanha de vacinação de 2020 contra a febre aftosa no Pará se encerrou em 30 de junho. Foram imunizados bovinos e bubalinos de todas as idades. Todos os municípios paraenses estiveram incluídos na ação, exceto o Arquipélago do Marajó e as cidades de Faro e Terra Santa, no Baixo Amazonas, que possuem etapas específicas. A meta é imunizar mais de 20 milhões de bovinos e 166 mil bubalinos.

O Pará possui o status sanitário de zona livre da febre aftosa com vacinação. A Adepará tem se comprometido a cumprir as medidas estabelecidas pelo Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação de Febre Aftosa (Pnefa), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Publicidade

Veja
Também