Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Prefeito de Parauapebas convida população a aderir ao Lockdown que inicia nesta terça (19)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Afirmando ser solidário a qualquer iniciativa do Poder Público que tenha por objetivo controlar essa terrível doença que ameaça a vida das pessoas e também a economia das cidades, o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, fala do Lockdown, decretado pelo Governo do Estado, a partir de amanhã, terça-feira (19), que determina a suspensão total das atividades não essenciais, além de restringir a circulação das pessoas pelas ruas da cidade.

“A rigor não significa muito mais sacrifício do que aqueles que a gente vem fazendo até agora”, reconhece Darci, dizendo compreender as razões do Governo do Estado diante de um avanço muito grande do Coronavírus em todas regiões paraenses, inclusive na Sudeste.


O prefeito passou a manhã de hoje, segunda-feira (18), conversando através de vídeo conferência, com todos os órgãos da segurança pública para debater a melhor maneira de garantir o cumprimento do Decreto de forma ordenada, respeitosa e pacífica. O objetivo da conversa com os órgãos de segurança, segundo o prefeito, é criar alinhamento, estabelecer protocolo, formando o entendimento coletivo sobre a fiscalização, propondo que todos os envolvidos adotem como princípio a abordagem educativa, o esclarecimento, o procedimento colaborativo para evitar tensões desnecessárias. “Peço a todos os cidadãos que procurem aderir ao Lockdown, pois, este é por um período curto e queremos que ele coincida com nossa expectativa de prazo para que Parauapebas comece a, gradativamente, voltar à normalidade”, pede Darci, convidando a população ao esforço para que o Lockdown alcance seus resultados esperados.

Na opinião de Darci, se todos colaborarem, o Decreto deixa de ser uma imposição e passa a ser uma contribuição da sociedade nesta grande batalha que é o “sacrifico de cada um para o bem de todos”.

Publicidade

Veja
Também