Prefeito em exercício entrega à Câmara projeto que institui o “Notebook do Professor” de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na manhã desta quarta-feira, 23, foi protocolado na Câmara Municipal de Parauapebas o projeto de lei que institui o Programa “Notebook do Professor”, que compreende a concessão de auxílio financeiro aos educadores da rede municipal de ensino para a aquisição de notebooks e internet.

De acordo com os critérios estabelecidos na proposição, os professores da educação básica I e II, coordenadores pedagógicos I e II, diretores e vice-diretores, além do diretor técnico pedagógico, serão contemplados com o subsídio no valor de R$ 3,7 mil, sendo R$ 3 mil destinados à compra de computador portátil e R$ 700, para acesso à internet.


O projeto foi entregue diretamente ao presidente da Câmara, vereador Ivanaldo Braz, pelo prefeito interino, João Trindade, o João do Verdurão; pelo secretário especial de Governo (Segov), Keniston Braga; e pelo secretário de Educação (Semed), José Leal Nunes.

Também presente a vereadora Eliene Soares, autora do projeto de indicação ao Executivo para a criação do programa, que por sua importância para os educadores foi imediatamente aprovado pelo prefeito Darci Lermen. Além de Eliene, acompanharam a entrega do projeto os vereadores Elvis Silva (Zé do Bode) e Josemir Santos.

“Nós estamos aqui em nome do prefeito Darci porque nós entendemos que neste momento, além da saúde, a educação é um dos pontos que necessitam de atenção especial. E acreditamos que estes equipamentos são de grande importância para continuarmos avançando na área educacional”, destacou João do Verdurão.

 

Para o secretário especial de Governo, o programa “é um passo importante no sentido da evolução da educação”, ironicamente provocado por uma pandemia. “Esse é um momento que nos deixa muito apreensivos, mas que nos abre os olhares para a necessidade de novas ferramentas, de utilização de novas técnicas para superar esse momento em que precisamos nos distanciar. É mais uma demonstração do professor Darci com a qualidade da educação”, assinalou Keniston Braga.

Para o secretário de Educação, o projeto representa valorização. “É uma marca do governo municipal valorizar o servidor. E para mim é uma grande satisfação, tanto como secretário quanto como professor, participar deste momento de valorização dos servidores da educação, pois o programa vem para ofertar melhores condições de trabalho”, destacou José Leal Nunes.

À equipe de governo, o chefe do Legislativo adiantou que vai agilizar a tramitação da matéria, para que seja debatida e aprovada antes do recesso parlamentar. “É um projeto que irá oferecer melhores condições de trabalho aos nossos professores e automaticamente melhores condições de aprendizagem aos nossos alunos”, avaliou Ivanaldo Braz.

veja também