Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Prefeito recebe pauta de reivindicação de agentes de trânsito e transporte que estão em greve

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O prefeito Valmir Mariano recebeu na manhã desta segunda-feira (9), na sala de reuniões do Gabinete, uma comissão formada pelos agentes de trânsito e transporte Glauber Mota, Israel de Souza Dantas, Luis Claudio da Silva Santos, Lauro Henrique Costa Barros, Raphael Pinheiro de Sá, José Iramar Oliveira, Robson Amorim de Lima, Antonio Fredson de Araújo e Samuel Alves de Oliveira, além de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos de Parauapebas (Sinseppar). A reunião teve por objetivo discutir a pauta de reivindicação dos agentes, composta por 14 itens.

Dentre as ações que serão realizadas pela Prefeitura estão: treinamento completo, segurança armada 24 horas no prédio do DMTT, ampliação do número de viaturas, maior diálogo com o comando da Polícia Militar no sentido de oferecer apoio às ações realizadas pelos agentes na cidade. Além disso, foi conversado a respeito da criação da Guarda Municipal, sobre a cooperação técnica com a Polícia Militar e o Detran para atuação dos agentes de trânsito nas rodovias estaduais PA 275 e PA 160.


Com relação às fiscalizações, durante o dia elas ocorrerão através de zoneamento, e, à noite, em parceria com a Polícia Militar. “Vamos dar celeridade a tudo o que foi dito aqui e vamos trabalhar no sentido de melhorar o trânsito de nossa cidade”, garantiu Valmir Mariano, lembrando que, em seis meses, a Prefeitura convocou 39 novos agentes de trânsito e transporte e adquiriu quatro novas viaturas. Até o final do ano, serão adquiridas mais três viaturas.

Durante a reunião, o prefeito Valmir Mariano se solidarizou com os servidores pela morte do agente de trânsito, Geraldo Nunes Rodrigues, informou que a Prefeitura, por meio de suas secretarias municipais, ofereceu todo o apoio psicológico e social à família do servidor e aos seus colegas de trabalho, e está acompanhando a investigação do caso.

“Tudo o que for necessário será feito para a melhoria do trânsito da nossa cidade. Sabemos que o trânsito de Parauapebas é um dos mais violentos do Brasil e estamos trabalhando para mudar essa realidade”, afirmou Valmir. Os agentes de trânsito e transporte já estão atuando nas vias públicas da cidade.

Greve: Desde a abertura da Feira de Agronegócios de Parauapebas (FAP), onde um agente de trânsito foi morto covardemente em uma operação de trânsito, todos os outros agentes do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Parauapebas (DMTT), não voltaram aos seus postos de trabalho, eles reivindicam mais segurança para trabalharem nas ruas do município.

Reportagem: Jéssica Borges / Foto: Anderson Souza

Publicidade

Veja
Também