Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Prefeitura de Parauapebas assina contrato para execução do Projeto Morro Alto Bonito

Proporcionar moradia digna para pessoas de baixa renda e mudar a aparência de uma região favelizada de Parauapebas. Esta é a proposta do Projeto Habitacional Morro Alto Bonito, que tem o início da sua execução a partir da assinatura do contrato entre construtora, prefeitura e Caixa Econômica Federal, realizada nesta quarta-feira (9).

O projeto se divide em duas etapas e atenderá em sua finalização a 2.400 famílias. O contrato assinado nesta quarta-feira é referente à primeira etapa, orçado em mais de 87 milhões de reais referente à construção de 1.008 apartamentos divididos em 20 blocos, assim como toda a infraestrutura da parte de cima do morro e a terraplanagem completa do projeto.

Do total orçado para a primeira etapa do projeto, 79% são recursos do governo federal. “Graças à competência da equipe da Secretaria Municipal de Habitação, Parauapebas não perdeu esse investimento do governo federal”, destacou o prefeito Valmir Mariano, lembrando que os moradores do morro tiveram quatro opções para aderirem ao plano de remanejamento da área.

De acordo com a apresentação realizada pela secretária municipal de Habitação, Maquivalda Barros, antes da assinatura do contrato, de 2010 a 2012, uma média de 35 milhões de reais foi investida em habitação. “Nesses nove primeiros meses de gestão, o governo municipal já investiu 46 milhões de reais na aquisição de áreas para desenvolvimento de programas habitacionais”, destacou a secretária.

Breve histórico
Maquivalda fez também um breve histórico dos programas habitacionais deslanchados no município desde o primeiro, registrado em 1993, na área do Bairro Altamira. A secretária também destacou o peso das reivindicações da comunidade por moradia digna e a grande quantidade de ocupações irregulares e de assentamentos precários no município.

A empresa contratada para realizar a obra é a Qualy Fast, que tem o compromisso de concluir a primeira etapa em 18 meses. O superintendente da Caixa Econômica, Gustavo Fernandes, destacou a importância social do projeto. “É uma honra assinar o contrato para execução desse projeto, que vai mudar a vida de muitas pessoas e melhorar a qualidade urbanística da cidade”, ressaltou Gustavo Fernandes.

O levantamento dos programas habitacionais realizados na cidade, assim como os detalhes do projeto Morro Alto Bonito I, está disponível no portal da prefeitura.

Reportagem: Karine Gomes / Foto: Irisvelton Silva

 

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário