Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Prefeitura de Parauapebas divulga nota sobre processo licitatório de lâmpadas de led

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Uso de lâmpadas “super LEDs” garante economia de R$ 1 milhão mensal ao município

A Prefeitura de Parauapebas esclarece que o processo licitatório para troca de todo o parque de iluminação pública do município foi concluído, porém o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), em Belém, atendeu ao pedido de uma empresa participante da licitação e emitiu cautelar suspendendo o processo.


Ressalte-se que o questionamento da empresa é sobre a modalidade do processo e não sobre valores. A prefeitura apresentou defesa junto ao tribunal, solicitando parecer. O governo está confiante que o resultado será positivo, o que dará ainda mais respaldo para a realização do serviço de melhoria da iluminação pública de Parauapebas, um anseio de toda a população.

A licitação tem a finalidade de trocar todo o sistema, que é obsoleto e oneroso. O novo projeto prevê a implantação e manutenção de iluminação super LED em todo o município, inclusive na zona rural. Para que se compreenda melhor, basta comparar: as lâmpadas atuais apresentam tonalidade laranja, gastam mais energia elétrica e iluminam menos por diversos fatores. Um deles é que, em um curto espaço de tempo, perdem quase 60% do seu fluxo luminoso original, portanto, não iluminam adequadamente.

Já a super LED, além de ser bem mais econômica, emite luz na cor “branca neutra”, semelhante à da lua. Como seu feixe é direcionado para o chão, apresenta menor poluição luminosa, tem menor índice de ofuscamento e sua durabilidade é três vezes maior que a convencional.

ECONOMIA

A troca completa de todas as luminárias da cidade para o um novo sistema vai representar uma grande economia ao munícipio, ao contrário do boato das redes sociais. Hoje, Parauapebas gasta cerca de R$ 2,6 milhões, por mês, para manter o atual e ineficiente sistema. Com a nova tecnologia super LED, passará a gastar R$ 1,6 milhão, por mês, com a empresa vencedora da licitação tendo que assumir a substituição e manutenção do parque, que possui 34 mil iluminárias . O índice máximo de pagamento máximo do município será de 3%, para ter um produto moderno com garantia de sete anos e vida útil de aproximadamente 10 anos.
Ao contrário do que foi propagado nas redes sociais, a prefeitura desconhece o orçamento de R$ 30 milhões para o serviço. Na realidade, o valor aproximado é de R$ 100 milhões para pagamento no decorrer de cinco anos, já plenamente demonstrado que será custeado pela CIP – Contribuição de Iluminação Pública, paga pela população e que, com a Super LED, poderá finalmente receber um serviço público de qualidade.

Resumindo, o pagamento de R$ 100 milhões em cinco anos representa um desembolso, para a prefeitura, de R$ 1,6 milhão, por mês, para substituição e manutenção de 34 mil pontos de iluminação pública, com garantia de sete anos de um produto de alta qualidade e que proporcionará maior segurança e, portanto, mais tranquilidade à população.

GANHOS REAIS PARA A POPULAÇÃO

Iluminação pública melhor e mais barata, com grande visibilidade, além de outros benefícios como mais segurança e trânsito melhor.

Publicidade

Veja
Também