Publicidade

Prefeitura inicia obras do Prosap na próxima segunda-feira; Confira as ruas que serão interditadas

A Prefeitura de Parauapebas tem data certa para começar as obras do Programa de Saneamento Ambiental, Macrodrenagem e Recuperação de Igarapés e Margens do Rio Parauapebas (Prosap). Na próxima segunda-feira, 6, as máquinas e os profissionais da Transvias, empresa contratada para a execução das obras, já vão estar em campo.

Neste primeiro momento, trechos de vias nos bairros União e Rio Verde serão interditados para a execução das obras de micro e macrodrenagem. Como deve ser mantido o distanciamento social neste período de pandemia do Coronavírus, e atendendo ao decreto municipal que estabelece medidas de prevenção à doença, a informação sobre as interdições junto à comunidade será feita por mídia volante (carro de som), dentre outros meios de comunicação.


As vias que terão trechos interditados nesta fase serão:

  • Rua O (entre as ruas 18 e 19), no bairro União
  • Rua Sol Poente (entre as ruas 19 e Guanabara)
  • Rua Guanabara (entre as ruas Sol Poente e Rio de Janeiro)
  • Rua Rio de Janeiro (entre as ruas 18 e Guanabara), no Bairro Rio Verde.

As interdições não serão simultâneas. Vão ocorrer de forma gradual e programada. Agentes de trânsito da prefeitura farão a sinalização das alterações nas vias, conforme o desenvolvimento da obra.

O engenheiro Cleverland Carvalho, coordenador de Projetos Especiais e Captação de Recursos da Prefeitura de Parauapebas, explica que as obras vão acontecer em ritmo menor em virtude da pandemia do coronavírus. “Ninguém vai colocar os trabalhadores em risco, mas as obras vão iniciar com todas as precauções e seguindo as recomendações dos órgãos de saúde: Ministério da Saúde e Secretaria Municipal de Saúde. Vamos ter movimentação de maquinários nos trechos já previamente selecionados e liberados”, diz ele.

Cleverland destaca a importância do programa para atenuar os problemas de enchentes no município, bem como para a geração de emprego e renda. “Quando essa situação da pandemia estiver controlada, vamos ter um ritmo da obra mais acelerado porque estamos falando de quase 300 empregos que serão gerados já nesta primeira fase. O Prosap é muito importante: vai mudar a cara de Parauapebas e vai servir para conter os problemas de enchentes que acontecem hoje na área de intervenção do Igarapé Ilha do Coco”, pontua o coordenador.

Como toda obra, a do Prosap inevitavelmente vai gerar transtornos aos moradores por conta da movimentação das máquinas, além de barulho e poeira. Contudo, um cronograma foi elaborado para reduzir, ao máximo, o tempo de permanência nesses trechos. “Nosso objetivo é executar 1.000 metros de drenagem por mês. As máquinas devem permanecer em cada trecho por cerca de duas semanas”, informa Sérgio Sábia, engenheiro da Transvias.

Etapas do Prosap

O Prosap vai beneficiar, diretamente, mais de 25 mil famílias residentes em bairros de sua abrangência. Indiretamente, toda a população ganhará com o programa que vai incluir Parauapebas no rol das melhores cidades do Brasil em qualidade de vida, considerando toda a infraestrutura de saneamento básico a ser implantada. O prazo para conclusão das obras é de seis anos, com a divisão do cronograma em três etapas.

Com 80% dos recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e mais a contrapartida da prefeitura, a primeira etapa tem previsão para durar 18 meses e contempla a construção de 250 casas destinadas às famílias que residiam em áreas de risco abrangidas pelo Prosap e realização de obras de micro e macrodrenagem no canal do Igarapé Ilha do Coco, ao longo dos bairros Liberdade I, União e Rio Verde.

Assim como as indenizações e desapropriações de imóveis na área do Prosap, a construção das casas faz parte da contrapartida do município no programa, cujo investimento total é de US$ 87,5 milhões.

Compartilhe essa notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags

Veja também

Fechar Menu