Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Primeiro lote de EPIs comprados pela Vale na China já está no Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Primeiro lote de pouco mais de 1 milhão de equipamentos de proteção individual (EPIs) para profissionais de saúde, comprados pela Vale na China, chegou nesta semana ao Brasil. O lote refere-se a um total de 15,8 milhões de unidades adquiridas pela empresa. Imprescindível no combate ao novo coronavírus (Sars-CoV-2), que provoca a doença Covid-19, o material será doado ao governo federal, que pretende distribui-lo para unidades de saúde espalhadas pelo país.

O avião com a remessa partiu ontem do Aeroporto Internacional de Guangzhou Baiyun, na província chinesa de Guangdong, e chegou no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP). Quase a totalidade dos EPIs será entregue ao longo deste mês. A primeira remessa de EPIs é composta por 1 milhão de máscaras cirúrgicas descartáveis e de 2.250 óculos de proteção.


“São equipamentos importantes para proteger os nossos médicos e enfermeiros que estão na linha de frente, atendendo os milhares de brasileiros internados por causa do novo coronavírus”, afirma o diretor-presidente da Vale, Eduardo Bartolomeo.

Testes

Junto com a primeira remessa de EPIs, vieram também mais 1 milhão de kits de teste rápido para detecção do novo coronavírus. Somada aos equipamentos de proteção individual, a carga totaliza 16,6 toneladas, distribuídas em 1.039 caixas. É o segundo lote de kits de teste rápido, somando então 1,5 milhão de unidades entregues ao governo federal do total de 5 milhões comprados pela Vale. O primeiro lote, de 500 mil, chegou ao país no dia 30/03. Até o fim deste mês, a Vale entregará ao governo federal o restante dos kits, que atendem integralmente à recomendação e às especificações técnicas fornecidas pelo Ministério da Saúde.

Publicidade

Veja
Também