Pró-Saúde encerra gestão dos Hospitais Yutaka Takeda (Parauapebas) e 5 de Outubro (Canaã dos Carajas)

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A Pró-Saúde encerra no dia 1º de dezembro a gestão nos hospitais Yutaka Takeda (HYT) e 5 de Outubro (HCO), respectivamente em Parauapebas e Canaã dos Carajás, sudeste paraense. As unidades são mantidas pela mineradora Vale.
O Yutaka Taketa foi construído em 1986. A Pró-Saúde assumiu a gestão da unidade em 1997. Ao longo de 25 anos de atuação, a entidade estabeleceu a sua marca de compromisso com a sociedade, realizando melhorias em todos os setores, prestando serviços com rapidez e excelência à população.
A unidade deu passos importantes, que hoje são comemorados pelo time de profissionais que atuam diariamente para ofertar um serviço de qualidade para um público altamente vulnerável.
“Temos muito para comemorar. Nosso Yutaka foi a primeira unidade de saúde no Brasil certificada pelo Programa Nacional de Qualidade, do Conselho Federal de Enfermagem”, ressalta Francisco Ferreira, diretor Administrativo Financeiro do HYT, que tem 14 anos de serviços prestados ao hospital.
Em 24 anos de trabalho na região, a entidade — que é uma das maiores do país — foi responsável pela realização de 1,9 milhão de atendimentos, dos quais 23.532 cirurgias, 39.271 mil internações, 540.861 mil consultas ambulatoriais, 343.350 atendimentos de urgência e emergência e 1.015.086 mil exames.
Outra conquista de destaque do Yutaka Takeda foi a mais alta certificação de qualidade concedida pela respeitada Organização Nacional de Acreditação (ONA), o selo Acreditado com Excelência, reconhecimento nacional que atesta a qualidade e segurança na assistência ao paciente.
Entre os projetos de humanização do hospital estão o Crescer, que estimula a consciência ambiental de usuários do HYT, por meio da oferta de uma muda de árvore para família de cada bebê nascido na unidade. A iniciativa acontece em parceria com a empresa Vale, que doa mensalmente as mudas. Desde a sua criação, foram realizadas 1.238 entregas de mudas.
Gestão ampliada
Em outubro de 2006, a mineradora Vale inaugurou o Hospital 5 de Outubro, também sob gestão da Pró-Saúde. Em 15 anos de atuação, a unidade superou a marca de 2,5 milhões de atendimentos, dos quais 7.776 cirurgias, 17.657 mil internações, 415.808 mil consultas ambulatoriais, 413.129 atendimentos de urgência e emergência e 1.707.760 mil exames.
O encerramento da gestão ocorre no momento em que o HCO finaliza o processo para conquistar sua primeira certificação — de um total de três — também concedida pela ONA, entidade sem fins lucrativos que integra uma rede mundial que analisa a qualidade dos hospitais, como Acreditado Pleno. Também conhecida como ONA 2, é uma das mais importantes aplicadas no Brasil.
Outro destaque foi a conquista do selo de qualidade do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), em fevereiro de 2019, que certificou as boas práticas e as resoluções atreladas à assistência de enfermagem do hospital.
As duas unidades ainda contam ainda com o selo “Green Kitchen”, concedido pela Fundação para a Pesquisa em Arquitetura e Ambiente (FUPAM), e o recebimento do reconhecimento pela participação no Desafio Resíduo, da Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis (Global Green and Healthy Hospitals – GGHH).

“A expertise de uma entidade como a Pró-Saúde, com mais de 50 anos de história, é a chave para o sucesso do Yutaka e do 5 de outubro, já que possibilita a utilização de modernas ferramentas de gestão e acesso à um quadro de profissionais altamente qualificados, resultando em uma assistência de excelência aos nossos pacientes”, destacou Paulo Viol, diretor Operacional da Pró-Saúde.


veja também