Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Produtores de Leite em Curionópolis receberão assistência técnica continuada

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Cerca de 30 produtores rurais de Curionópolis serão atendidos com o Programa de Assistência Técnica e Gerencial em Bovinocultura de Leite (ATEG-Leite) através do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). A abertura oficial do programa ocorreu nesta quinta-feira (4) na Associação dos Produtores Rurais na vila do Curral Preto, zona rural de Curionópolis.

 O projeto é uma iniciativa do Sindicato dos Produtores Rurais de Curionópolis e o Senar, e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Curionópolis.


 Por meio da Secretaria Municipal de Produção Rural (Sempro), foi realizada a primeira etapa da implementação do projeto com o recrutamento e cadastramento de produtores que estavam dispostos a participar do programa.

 “Tudo que vem para melhorar e orientar a gente é bem vindo. Um dos maiores problemas do produtor é a falta de assistência técnica continuada, e agora estamos recebendo esse projeto aqui, é muito bom! Antes ninguém se preocupava com a produção rural, mas agora a prefeitura se preocupa com isso, então é bem vindo”, declarou o senhor Raimundo Maciel, que é produtor rural.

 O senhor José Neres é produtor de leite e avaliou como um incentivo positivo o que está recebendo  com o programa. “Eu sempre ouvia falar sobre esse projeto em outros estados e agora estou feliz por receber esse incentivo aqui, agora vamos aumentar nossa produção, aumentar o gado”, contribuiu ele.

 “O projeto ATEG é uma assistência técnica diferenciada, realizada mensalmente, pois além de levar tecnologia ao campo com recomendações técnicas ao produtor de como melhorar a produção, ele também será beneficiado com noções de gerenciamento.

 “Haverá levantamento de dados sobre como está a saúde financeira da propriedade. É uma assistência continuada, onde os resultados serão monitorados durante dois anos”, explica Bianca, a técnica do Senar que irá acompanhar os produtores.

 Durante o período de dois anos, os produtores receberão uma capacitação profissional. A previsão é que a cada dois meses o Senar, Sindicato e Prefeitura promovam cursos e dias de campo para levar mais capacitação ao produtor.

 O Projeto Senar leva assistência técnica ao produtor de pequeno e médio porte em diversos seguimentos. No Pará, o Senar está desenvolvendo o programa desde 2016. Mas foi só em 2018, que o programa começou ser implantado em municípios do sul e sudeste do Pará que aderiram ao programa.

 “Essa parceria vem contemplar as necessidades dos produtores da nossa região que tem um grande potencial econômico e aptidão para a pecuária leiteira. A assistência técnica que os produtores receberão vai agregar importância no cotidiano do homem do campo”, disse o prefeito Adonei Aguiar.

 “O município está abraçando todos os investimentos que estão chegando para desenvolver a economia rural e este é um projeto que tem o objetivo de fortalecer a bacia leiteira de Curionópolis”, acrescentou a secretária de Produção Rural Adriana Gomes.

Publicidade

Veja
Também