Profissionais de imprensa de Parauapebas participarão do Publicom em Belém

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Todas as inscrições disponíveis para o Encontro de Comunicação do Pará (Publicom) edição Belém, abertas no último dia 20 de abril, se esgotaram em menos de 10 horas. O evento, a ser realizado nesta segunda e terça-feira, 2 e 3 de maio, no Hangar – Convenções e Feiras da Amazônia, é um dos maiores encontros de comunicação da região Norte do Brasil e espera receber mais de 700 profissionais de comunicação da gestão pública, da imprensa e estudantes da capital e também do interior do Estado.

Promovido pela Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), o evento terá a participação de grandes nomes do jornalismo brasileiro, entre eles os jornalistas Marcelo Canellas (TV Globo), Vinícius Dônola (TV Record), Marcelo Torres (SBT) e Luli Radfahrer (professor e doutor de Comunicação Digital da Universidade de São Paulo).


Durante os dois dias de Publicom, os participantes terão a oportunidade de promover networking, debates e compartilhamento de cases e ideias entre especialistas nacionais, profissionais e estudantes de comunicação de todo o Estado. A organização do evento informou que recebeu inscriçoes de participantes de 25 municípios paraenses, além de um de Macapá e outro de Brasília.

Uma comitiva de profissionais de imprensa de Parauapebas participará do evento, sendo que o Portal Pebinha de Açúcar será representado por dois comunicadores.

Segundo o secretário de Estado de Comunicação, Daniel Nardin, o Publicom se consolidou desde sua primeira edição, em 2013, e já é um evento esperado pelos profissionais e estudantes da área. “Já percebemos uma enorme expectativa em torno desta edição do Publicom Belém, o que demonstra a credibilidade que o evento conquistou diante do seu público alvo. Agradecemos a parceria dos outros órgãos que abraçaram a ideia e temos a certeza de que o evento será um sucesso”, adiantou Daniel Nardin.

O secretário afirmou ainda que “o objetivo do encontro não é apenas para qualificar, mas também para refletir e debater sobre a comunicação no Pará e no Brasil, principalmente neste momento que vivemos hoje”.

Um dos responsáveis pela produção do Publicom, o produtor cultural Ezequias Nascimento, da Diretoria de Comunicação Institucional da Secom, disse que a procura pelo evento superou todas as expectativas. “Tivemos uma demanda muito além do que estávamos esperando, e chegamos até a aumentar o número de inscrições para que ninguém ficasse de fora. Mas ainda assim, aqueles que não conseguiram se inscrever, poderão assistir à programação ao vivo pelo site do Publicom”, informou. Para quem não conseguiu se inscrever, as palestras, mesas de debate, workshops e oficinas serão transmitidas no site www.secom.pa.gov.br/publicom, onde também está disponível a programação.

O produtor cultural observou ainda que toda a mobilização em torno desse encontro só mostra que Belém tem um público enorme e que merece receber grandes eventos de comunicação.

Para os estudantes essa é uma oportunidade única de aprendizado. Rhuane Pereira, 24 anos, cursa Comunicação Social na Universidade Federal do Pará (UFPA), e foi uma das primeiras a garantir sua presença no maior evento de comunicação do Pará. “Faço questão de estar presente neste evento que me dará a oportunidade de aperfeiçoar os meus conhecimentos e de me atualizar, principalmente em relação ao ambiente digital que está em constante crescimento. Vou aproveitar ao máximo a troca de experiência com grandes nomes da Publicidade como Luli Radfahrer e Gustavo Nogueira, os quais eu admiro já há algum tempo”, confessou.

Gustavo Nogueira

O publicitário Gustavo Nogueira, reconhecido nacionalmente, vem diretamente de Porto Alegre (RS) para o Publicom Belém trazendo a palestra “As transformações na sociedade pós ­digital” e se diz honrado em participar deste grande evento de comunicação na Amazônia.

“Eu sou belenense e, embora esteja atuando fora daqui há 5 anos, fico feliz em ver que a minha cidade está interessada em falar sobre o espírito do nosso tempo: a comunicação digital. O tema do Publicom, “A Comunicação Mudou. E nós?”, define muito bem o que vivemos hoje. Precisamos entender que a mudança já aconteceu, e depende de nós escolhermos acompanhar essa mudança ou não”, definiu.

O Publicom é organizado pela Secretaria de Estado de Comunicação e conta com o apoio da Assembleia Legislativa, Simineral e Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e terá palestras oferecidas pelas emissoras Cultura, Liberal, Record e SBT, além de contar ainda com apoio operacional da Escola de Governança Pública (EGPA) e Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa).

Doação de livros

Durante o Publicom, o estande da Imprensa Oficial do Estado (IOE) estará recebendo doações de livros usados, para reforçar o acervo da Campanha Livro Solidário, que além de manter os Espaços de Leitura em escolas, hospitais e centros comunitários, apoia também projetos de incentivo à leitura, mantidos por comunidades da Região Metropolitana de Belém, assim como as ilhas e comunidades quilombolas. A IOE espera sensibilizar todos os participantes para a contribuição na campanha. A expectativa é de que pelo menos 800 exemplares de livros sejam arrecadados nos dois dias de evento.

Confira a programação completa do Publicom Belém. Clique aqui.

Reportagem: Thays Del Rosario / Agência Pará

Publicidade

veja também