Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Programa “Crescer Saudável” vai beneficiar mais de 18 mil crianças em Parauapebas

O Programa Crescer Saudável, criado em 2017, estabelece, no âmbito do Programa Saúde na Escola (PSE), um conjunto de ações a ser implementado para contribuir com o enfrentamento da obesidade infantil no país. O objetivo é identificar e tratar crianças menores de 10 (dez) anos com problemas nutricionais, em decorrência de maior prevalência de obesidade nessa faixa etária nos últimos anos.

As ações que foram iniciadas no dia 21 de março e se estenderão até o dia 01º de abril. Com elas, se pretende sensibilizar a população em geral, gestores escolares e, principalmente, os pais e responsáveis das crianças matriculadas nas escolas de Educação Infantil (creches e pré-escolas) e Ensino Fundamental I.

Maria Luiza, coordenadora de Saúde Alimentar e Nutricional, acompanhou de perto a ação na escola Nelson Mandela e destacou a importância da iniciativa. “Vamos priorizar as ações de educação alimentar e nutricional para o tratamento da obesidade no âmbito da escola”. A coordenadora também ressaltou que o tratamento precoce pode mudar a vida das crianças para melhor.

Durante o atendimento, 1.200 crianças foram entrevistadas sobre a alimentação nos lares, com as informações os nutricionistas orientaram pais e responsáveis sobre melhorias no cardápio das crianças, como forma de complementar a alimentação, dentro de suas possibilidades. Paulo Vilarinhos, secretário adjunto de Saúde (Semsa), apontou dados que devem ser combatidos.

“O programa Crescer Saudável alcança 18 mil crianças da nossa rede pública, e temos um dado oficial que indica que 15% destas crianças, de 0 a 10 anos, tem um quadro já definido de obesidade. Com esse programa, vamos identificar e trabalhar na prevenção em prol da saúde dos estudantes”, finalizou.

Qual sua reação para esta matéria?
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
+1
0
Leia também no Portal Pebinha de Açúcar:

Deixe seu comentário