Programa Mais Educação alcança todas as escolas da rede municipal

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Para motivar a participação dos pais é apresentado atrações pelos alunos que participam do Programa e demonstram o que aprenderam.

Auricélia Barros, coordenadora do Programa + Educação na Secretaria Municipal de Educação de Parauapebas (SEMED), conta que é grande o interesse dos alunos em participar do Programa + Educação que envolve o aluno, além do tempo regular de 4 horas diárias letivas, por mais 3 horas, período em que envolve habilidades em oficinas de artes marciais e música; atividades esportivas, culturais e pedagógicas. “O Programa + educação já revelou talentos em nosso município, tendo levado alunos a participar em campeonatos mundiais trazendo de lá importantes títulos”, comemora Auricélia, contando que o Programa foi implantado em Parauapebas em 2011 tendo como pioneiras as escolas Eunice Moreira, Carlos Drumonnd de Andrade e Carlos Henrique, já tendo hoje nas 37 escolas que compõem a Rede Municipal de Ensino onde, ainda segundo ela, a cada ano vem ganhando notoriedade e espaço dentro das escolas. Ela conta ainda que isso é possível graças às parcerias com entidades que dispõem de voluntários para auxiliar a educação pública.


Para participar do Programa + Educação é preciso se observar alguns critérios entre eles a vulnerabilidade social, cadastrados no Programa Bolsa Família, crianças que os pais precisam deixar mais tempo na escola em virtude de precisarem trabalhar. “O número de interessados em participar é maior do que a capacidade de atendimento, por isso atendemos no mínimo 100 e no máximo 150 alunos por escola, totalizando 4.200 alunos”, mensura a coordenadora, dando conta de que existe uma extensa lista de espera o que prova, ainda segundo ela, o interesse de alunos em participar do programa.

Sobre o Programa + Educação

O Programa Mais Educação, instituído pela Portaria Interministerial nº 17/2007 e regulamentado pelo Decreto 7.083/10, constitui-se como estratégia do Ministério da Educação para induzir a ampliação da jornada escolar e a organização curricular na perspectiva da Educação Integral.

As escolas das redes públicas de ensino estaduais, municipais e do Distrito Federal fazem a adesão ao Programa e, de acordo com o projeto educativo em curso, optam por desenvolver atividades nos macrocampos de acompanhamento pedagógico; educação ambiental; esporte e lazer; direitos humanos em educação; cultura e artes; cultura digital; promoção da saúde; comunicação e uso de mídias; investigação no campo das ciências da natureza e educação econômica.

Reportagem e fotos: Francesco Costa – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

veja também