Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

PT Pará festeja os 36 anos de fundação do Partido

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Para o presidente do PT Pará, Milton Zimmer, o momento é de festejar as conquistas que o PT trouxe aos brasileiros.

“Essa festa é a festa do PT, é a festa do povo, porque nenhum outro partido político nesse país representa os anseios da população como o Partido dos Trabalhadores. São 36 anos de lutas e 13 anos de conquistas distribuídos pelo Pará e pelo Brasil”, destacou.


Apesar dos ataques sofridos contra a legenda partidária, o Partido dos Trabalhadores cresceu com a adesão de 48,8 mil novos filiados em 2015. Isso representa em média 131 novas adesões ao dia. As informações são do Sistema de Filiados, disponibilizados pela Secretaria Nacional de Organização do PT.

“ A elite não se conforma, porque nunca um partido popular ocupou o poder durante muito tempo no país”. Enfatizou o senador Paulo Rocha, em discurso durante o evento.
Rocha ainda fez um breve relato da história do surgimento do PT, das conquistas e transformações sociais e criticou os ataques promovidos pela direita e grande imprensa direcionados ao Partido.
“A direita utiliza um processo sofisticado para tentar nos criminalizar”, explicou e, completou dizendo que as conquistas são motivos de orgulho pelas mudanças que o PT realizou na vida de milhões de brasileiros.

Os deputados federais e estaduais da legenda que prestigiaram as comemorações, falaram sobre conjuntura política, conquistas e os desafios. O tom que prevaleceu foi de otimismo.

Para o deputado federal Beto Faro, o PT surgiu com a proposta de mudar o Brasil e vai continuar mudando.
“Foi com as políticas do governo Lula e Dilma que as pessoas passaram a ter acesso aos bens de consumo. Acreditamos que o PT vai continuar crescendo para fazer do Brasil um grande de país”, concluiu.

A pré – candidata do PT à prefeitura de Belém, Regina Barata, também compareceu à festa e em seu discurso defendeu o legado do Partido.

“Temos que nos apropriar das conquistas. O PT tem histórias e não podemos esquecer disso. Não temos que ter medo dos ataques, mas enfrentá – los com a cabeça erguida mostrando as conquistas. Essa é história e a trajetória que devemos seguir em frente”, conclamou.
Representando o PCdoB, esteve Rodrigo Moraes. “O PCdoB parabeniza o PT porque é um Partido que fez história em prol do povo e juntos vamos continuar esse projeto”, ressaltou.

O evento reuniu centenas de filiados e filiadas, além do Secretário Executivo do Ministério do Trabalho e Previdência, Claudio Puty; o Superintendente Regional do Trabalho no Pará (SRTE/PA), Esmerino Neri Batista Filho (Miriquinho); os deputados Zé Geraldo (federal), Airton Faleiro (estadual); o Líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa do Pará, deputado Dirceu Ten Caten; a ex – governadora Ana Júlia Carepa; vereadores de várias regiões do Pará; presidente do Diretório do PT Belém, Apolônio Brasileiro; presidentes de associações e sindicatos; representantes de movimentos sociais e sindicais; secretários municipais; prefeitos de Cametá, Mãe do Rio, Pau D’Arco, Jacundá, Tomé Açu, Curralinho e entre outros.

História do PT

O PT surgiu sob a ditadura militar. Fundado no dia 10 de fevereiro de 1980, em São Paulo, surgiu da necessidade de transformar a vida dos trabalhadores brasileiros. Em um momento histórico marcado por muitas mobilizações, Luiz Inácio Lula da Silva, líder sindical, e principal fundador do PT, foi também o protagonista contra as injustiças sociais da época. Desde sua fundação, o Partido disputa as eleições. Apesar de algumas derrotas iniciais, Lula e o PT não desistiram e desse empenho alcançou a primeira vitória em 2002. De lá para cá, são 13 anos de governo do PT. Com Lula e Dilma, o PT mostrou o modo petista de governar, criando políticas públicas de inclusão social para combater a fome e as desigualdades gritantes no país. Atualmente mais 40 milhões de pessoas saíram da pobreza.

Publicidade

Veja
Também