Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Quadrilha Rabo de Palha é bicampeã do Festival Junino Jeca Tatu

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Encerrado ontem, 25, a 15ª edição do Festival Junino Jeca Tatu apresentou hoje (26), os vencedores nas competições de quadrilha e as misses.
Na categoria caipira, a agremiação junina Rabo de Palha conquistou mais pelo segundo ano consecutivo a competição, fazendo uma belíssima apresentação que teve como tema os três santos que representam as festas juninas. O evento de apuração das notas dadas pelos jurados foi realizado nas dependências do Centro de Desenvolvimento Cultural de Parauapebas (CDC).

O Jeca Tatu é realizado através de parceria ente SECULT – Secretaria Municipal de Cultura de Parauapebas e LIAJUP – Liga das Agremiações Juninas de Parauapebas, e neste, as quadrilhas concorreram em três modalidades: Caipira, Estilizada, Salão e Intermunicipal; trazendo como resultado a seguinte classificação:


INTERMUNICIPAL

3º Lugar – Explode Coração (Marabá)
2º Lugar – Sensação Junina (Ourilândia do Norte)
1º Lugar – Amor Caipira (Jacundá)

SALÃO

3º Lugar – Explosão de Cheiro
2º Lugar – Sedução Junina
1º Lugar – Paixão Junina

ESTILIZADA

3º Lugar – Império doe São João
2º Lugar – Guerreiros de fogo
1º Lugar – Coração do Sertão

CAIPIRA

3º Lugar –Cabras da Peste
2º Lugar – Jovens do Cangaço
1º Lugar – Rabo de Palha

Nesta modalidade, houve empate no segundo lugar, mas de acordo com o regulamento, a Jovens do Cangaço ficou com o segundo lugar por vencer no quesito noivos.

A premiação para os vencedores na modalidade Intermunicipal, será:

3º Lugar – R$ 1 mil
2º Lugar – R$ 2 mil
1º Lugar – R$ 4 mil.

Para as demais modalidades, Caipira, Estilizada e Salão, a premiação será:

3º Lugar – R$ 1 mil
2º Lugar – R$ 2 mil
1º Lugar – R$ 3 mil.

As misses receberam suas respectivas faixas logo após a divulgação do resultado geral, sendo elas:

Miss Simpatia, Sara; Miss Caipira, Rute; Miss Mulata Elizandra Carla; e a Miss Gay Michely Belmont.

A premiação para as quadrilhas será entregue nesta terça-feira, 27, em horário e local a ser divulgado para os presidentes de agremiações vencedoras e também à imprensa.

Na avaliação do Secretário Municipal de Cultura, Popó Costa, o Jeca Tatu 2017 foi muito positivo pela aceitação do evento por parte comunidade, quando ele estima que teve recorde de público em relação a outras edições. “O Jeca 2017 cumpriu a tarefa principal que era fazer um evento enxuto, com conforto e espaço para trafegabilidade e segurança para as famílias. E o fundamental, gerar renda, fazendo dinheiro circular na cidade, reduzindo o impacto da crise econômica que assola o Brasil”, explicou Popó, dando como boa a resposta dada pelas agremiações.

Na opinião do presidente da LIAJUP, Carlos Magno, popularmente conhecido com Bhyl, só de uma agremiação participar do evento já pode se considerar vitoriosa, pois admite não ser fácil passar o ano todo se preparando para o momento de entrar e se apresentar. E diz que após a apuração e premiação, a liga já começa a planejar o próximo Festival Jeca Tatu, começando por reunião de avaliação da 15ª edição para que, de acordo com os erros, possa melhorar para a próxima.

Membros da Quadrilha Rabo de Palha comemoram o bicampeonato no Jeca Tatu

 

Reportagem: Francesco Costa / Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também