Publicidade

Quarta-feira de cinzas inicia com brigas, morte e feridos em Parauapebas

Era por volta das 7h00 desta quarta-feira (6) quando investigadores da Polícia Civil de Parauapebas foram acionados para se deslocar até o Bairro Novo Brasil, nas proximidades da PA-275, entrada da cidade. Os investigadores Odorico Almeida (Rambo) e Rodrigo foram ao local e ao chegar por lá, se depararam com o corpo de um jovem estirado ao chão já sem vida.

A vítima fatal foi identificada como Sérgio Andrade Oliveira, que tinha 26 anos de idade e é natural do município de Parauapebas.


Foto da vítima fatal ainda em vida

 

Quem conversou com a equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar e deu detalhes sobre o crime foi o policial civil Odorico Almeida “Rambo”. “Fomos acionados por volta das 7h00 dando conta de um homicídio ocorrido por volta das 6h00. Desloquei-me ao local com o IPC Rodrigo, e chegando lá nos deparamos com um corpo ao chão. Em levantamentos preliminares com testemunhas e curiosos, eles nos relataram que houve uma briga generalizada nas proximidades e a confusão chegou até uma na conveniência conhecida como “Toda Hora”. A discussão, segundo informações, teria sido motivada por brigas entre facções rivais por tráfico de drogas. E foi aí que Sérgio Andrade Oliveira foi golpeado na região do pescoço com um facão e acabou perdendo sua vida”, relatou “Rambo”, afirmando que até o momento dois suspeitos de participação no crime foram identificados, sendo Elivan Ferraz do Carmo, que também saiu ferido e foi encaminhado ao Hospital Municipal de Parauapebas e Jorge Eduardo Dias Costa, que de acordo com o policial, está sendo apontado como o autor do golpe de facão que fez uma vítima fatal.

Elivan Ferraz do Carmo recebeu os primeiros atendimentos e foi encaminhado ao hospital

 

“Fomos até a casa do Jorge, mas ele não estava, observamos que o local tem vários indícios de ser ponto de venda de drogas”, relatou Odorico Almeida, o “Rambo”, que afirmou que outra pessoa que estava nas proximidades da confusão acabou também sendo golpeada com facão e foi encaminhada ao hospital com uma fratura exposta, porém, não corre risco de morte.

Outra versão

Circulam pelas redes sociais áudios que relatam outra versão para a morte do jovem. Em um deles, a informação é de que ele teria quebrado a tampa de um isopor e a confusão teria começado porque uma pessoa não gostou da sujeira que estava sendo feita.

Amigos da vítima fatal relatam que o jovem não tem nenhuma ligação com facções criminosas.

Agora, a Polícia Civil abriu inquérito para investigar o crime.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Pebinha de Açúcar Comunicação e Marketing
LTDA-ME – CNPJ: 05.200.883.0001-05
Parauapebas – Pará – Brasil
(94) 99121-9293 (whatsapp) | (94) 98134-2558

Acompanhe o Pebinha nas redes sociais

Copyright © Pebinha de Açúcar – 2018. Todos os Direitos Reservados.

Fechar Menu