Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Quase 150 mil eleitores estão aptos para votar no sistema biométrico em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Nas eleições municipais de 2016, 22 municípios do Pará vão utilizar o Sistema Biométrico de votação. Cerca de 1 milhão e 400 mil eleitores devem ir às urnas, no próximo domingo (02/10), já utilizando o sistema de identificação de eleitores.

A biometria é um método automático de reconhecimento individual baseado em medidas biológicas e características comportamentais. No caso da Justiça Eleitoral, é utilizada a impressão digital para identificar o eleitor e habilitá-lo a votar. A maior vantagem do sistema é dar mais segurança ao processo eleitoral visto que com a biometria não há possibilidade de um eleitor votar no lugar de outro.


O sistema biométrico de identificação é utilizado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pará (TRE-PA) desde as Eleições de 2010. O primeiro município a utilizar o sistema foi Capanema, localizado no nordeste paraense.

Até as Eleições do ano de 2014, nove municípios do estado já utilizaram a biometria. A partir de 2015, treze municípios entraram no processo de coleta de dados dos eleitores para a biometria, com 661.185 pessoas aptas ao voto nestes municípios.

Assim, para as Eleições de 2016 o Pará terá 22 municípios com votação com identificação biométrica (Afuá, Bragança, Tracuateua, Parauapebas, Canaã dos Carajás, Santarém, Mojuí dos Campos, Belterra, Marituba, Ponta de Pedras, Primavera, São João de Pirabas, Quatipuru, Capanema, Ananindeua, Peixe boi, Paragominas, Curuçá, Terra Alta , Barcarena, Castanhal e Capitão Poço) somando quase 1,4 milhões de eleitores ao todo.

Filas
Por se tratar de um processo um pouco mais lento, a votação normal dura em média 1 min e a biométrica 1:30 min, e novo para muitos municípios a Justiça Eleitoral orienta que os eleitores cheguem cedo aos locais de votação, para que o voto aconteça de forma tranquila e sem filas no final do horário de votação.

Publicidade

Veja
Também