Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Quase 3% das mortes ocorridas por Covid-19 no Pará são de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Foto: Arquivo | Elienai Araújo | Colaborador do Portal Pebinha de Açúcar

Sendo responsável por 28.269 dos 254.384 de casos confirmados de Covid-19 no Pará, a população de Parauapebas continua sendo, espontaneamente, testada. Porém, o percentual de 80% de recuperação dos pacientes na “Capital do Minério” é considerada boa, apesar de ser menor que a média de recuperação a nível de Estado, que é de 93,5%.

Parauapebas contribui com 2,9% dos 6.767 casos de óbitos ocorridos, no Pará, em decorrência da doença. Em detalhes, a taxa de letalidade em nível de Estado é de 2,7%, enquanto que em Parauapebas é de apenas 0,7%, levando em conta que ocorreram 195 óbitos.


A situação dos contaminados em Parauapebas é estável, não sendo necessário nem mesmo a existência do Hospital de Campanha, que foi recentemente desativado, já que apenas oito pacientes seguem internados e 5.370 em isolamento social na cidade.

Em todo o Pará 273 casos estão em análise e 31.493 foram descartados até o fechamento desta matéria. Já em Parauapebas, dos 183.529 testes realizados, entre o exame PCR e testagem rápida, 155.260 foram descartados. Ontem, dos 424 testes realizados, 15 deram positivo, sendo 10 do sexo masculino, com idades variando de 23 a 42 anos; e cinco mulheres com idades que variam entre 20 e 42 anos.

A Secretaria Municipal de Saúde de Parauapebas (Semsa), informa que o uso de máscaras continua sendo obrigatório nas ruas, em conformidade com o Decreto Municipal 489. Porém, nota-se que a população não tem demonstrado preocupação, sendo visto muitas pessoas transitando sem o uso de máscaras. Em relação às lojas, mesmo mantendo cartazes da exigência do uso de máscaras para entrar, várias tem permitido o acesso livre sem o uso da mesma.

 

Testagem em massa de Parauapebas foi referência em todo o Brasil

 

A Prefeitura Municipal de Parauapebas tem mantido os esforços para controlar o nível de contaminação e também de letalidade. A testagem em massa, em parceria com a Vale foi uma das principais medidas, além do Hospital de Campanha, exigência do distanciamento, uso de máscaras, barreiras sanitárias e lokdown.

Publicidade

Veja
Também