Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Realizada capacitação para Censo Escolar 2015 da rede estadual em Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A rede estadual de ensino, responsável pelo ensino médio, tem 12 mil alunos matriculados em Parauapebas. Mas como chegar ao número exato de estudantes e conhecer, estatisticamente e com profundidade, a rede e seus desafios?

Para responder a essa pergunta e realizar com eficiência o Censo Escolar 2015, representantes de escolas estaduais de Parauapebas e municípios vizinhos começaram a participar nesta segunda-feira (29) de um treinamento na Escola-Sede Eduardo Angelim. A capacitação é oferecida pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da 4ª Unidade Regional de Ensino (URE), com sede em Marabá. No treinamento, o técnico em educação José Raimundo, da Seduc, repassa informações sobre a ferramenta Educacenso e sana dúvidas.


O Censo Escolar é um levantamento de dados estatístico-educacionais de âmbito nacional realizado anualmente e coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC). De acordo com Raimundo, o Inep coleta dados sobre estabelecimentos, matrículas, funções docentes, movimento e rendimento escolar.
“Essas informações são utilizadas para traçar um panorama nacional da educação básica e servem de referência para a formulação de políticas públicas e execução de programas na área da educação”, esclarece o técnico em educação da Seduc.

ATÉ AGOSTO
No final de maio, o Inep divulgou novos prazos para preenchimento do Censo Escolar de 2015, por meio do sistema Educacenso, que abriu para receber as respostas no dia 8 deste mês e segue até 12 de agosto. Os questionários on-line são respondidos por meio da internet, preenchidos pelo diretor ou responsável pela escola.

A diretora-sede da Eduardo Angelim, Ana Maria Sousa, destaca a importância do treinamento e informa que o Censo Escolar faz uma radiografia detalhada do sistema educacional não apenas de Parauapebas, mas de todo o Brasil. Com a ferramenta Educacenso, explica ela, é possível obter dados individualizados de cada estudante, professor, turma e escola do município, tanto das redes públicas (federal, estaduais e municipais) quanto da rede privada.
“A partir dos dados do Educacenso, é calculado o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, e planejada a distribuição de recursos para alimentação, transporte escolar e livros didáticos, entre outros”, encerra a gestora.

Publicidade

Veja
Também