Publicidade

Relatório da PM revela que índice de criminalidade caiu na região

Contando com 16 municípios da região sudeste sob sua jurisdição, o Comando de Policiamento Regional (CPR) II, com sede em Marabá, revela em relatório que o índice de criminalidade caiu na região este ano.

O CPR II tem sob seu comando batalhões com sede em Marabá (4º BPM) e Parauapebas (23º BPM) e uma companhia independente em Rondon do Pará (11ª CIPM).


Os municípios protegidos pelo 4º BPM são Marabá (sede), Brejo Grande do Araguaia, Itupiranga, Nova Ipixuna, Palestina, Piçarra, São Domingos, São Geraldo e São João do Araguaia.

Já o 23º BPM tem sob sua jurisdição os municípios de Parauapebas (sede), Canaã dos Carajás, Curionópolis e Eldorado do Carajás. Os municípios protegidos pela 11ª CIPM são Rondon do Pará (sede), Abel Figueiredo e Bom Jesus do Tocantins.

4º BPM – No relatório apresentado pelo CPR II, consta que o 4º BPM registrou 20 homicídios em Marabá em 2017 e 13 até dia 20 deste mês; nenhum latrocínio nos dois anos; e 339 roubos em 2017 e 135 este ano. Em Brejo Grande do Araguaia, nenhum registro de crime.

Em Itupiranga, um homicídio ano passado e dois neste ano; zero latrocínio nos dois anos e três roubos em 2017 e oito em 2018. Nova Ipixuna, uma morte em 2017 e nenhuma este ano; nenhum latrocínio no período; e seis roubos ano passado e zero este ano. Palestina, nenhum registro de crime nos dois anos. Em Piçarra, dois homicídios no ano passado e nenhum este ano; nenhum latrocínio nos dois anos; e um roubo ano passado e outro este ano.

Continuando o comparativo, o relatório da PM revela que no município de Piçarra ocorreram dois assassinatos em 2017 e nenhum este ano; zero latrocínio nos dois anos; e um roubo no ano passado e outro este ano. Já em São Domingos do Araguaia, os números indicam que houve dois homicídios em 2017 e nenhum em 2018; zero latrocínio nos dois anos; e um roubo no ano passado e quatro este ano. São Geraldo do Araguaia, zero homicídio em 2017 e um em 2018; zero latrocínio no período; e um roubo no ano passado e nenhum este ano. São João do Araguaia apresentou um quadro de zero homicídio nos dois anos; zero latrocínio no período; e quatro roubos em 2017 e três em 2018.

23º BPM – O balanço dos crimes ocorridos na jurisdição do 23º BPM revela que em Parauapebas foram registrados três homicídios em 2017 e seis até dia 20 deste mês; zero latrocínio em 2017 e um em 2018; e 390 roubos no ano passado e 148 este ano. Em Curionópolis, dois homicídios ano passado e nenhum este ano; zero latrocínio nos dois anos; e oito roubos em 2017 e nove em 2018. Eldorado do Carajás, dois homicídios ano passado e dois este ano; zero latrocínio nos dois anos; e oito roubos ano passado e seis este ano. Em Canaã dos Carajás, três homicídios em 2017 e nenhum este ano; um latrocínio ano passado e nenhum este ano; e 86 roubos em 2017 e 21 em 2018.

11ª CIPM – Já os números da 11ª CIPM revelam que em Rondon do Pará ocorreram três homicídios em 2017 e nenhum este ano; zero latrocínio nos dois anos; e 18 roubos em 2017 e doze em 2018. Em Abel Figueiredo não houve nenhum crime no período mencionado. Por último, os crimes registrados em Bom Jesus do Tocantins foram um homicídio em 2017 e nenhum em 2018; zero latrocínio; e dois roubos ano passado e um este ano.

Em resumo, o relatório da Polícia Militar observa que no ano passado foram registrados 40 homicídios nos 16 municípios guarnecidos pelo 23º BPM e 24 até 20 de agosto deste ano; um latrocínio em 2017 e outro em 2018; e 867 roubos ano passado e 348 este ano.

Compartilhe essa notícia

Tags

Veja também

Fechar Menu