Remo vence Independente nos pênaltis e está na semi da Copa Verde

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Na tarde de hoje, 7, o Independente venceu o Clube do Remo por 3 a 1 no estádio Navegantão, em Tucuruí, pela Copa Verde. Os gols do Independente foram marcados por Joãozinho, Paulinho e Marcus, Felipe Gedoz descontou. Com o placar agregado empatado, a vaga nas semifinais foi decidida nos pênaltis. O Galo Elétrico errou todas as penalidades, enquanto o Leão converteu todas as três. Agora, os azulinos vão enfrentar o Manaus.

Independente e Remo começaram se enfrentando debaixo de um sol escaldante no estádio Navegantão, em Tucuruí. Ainda sendo comandado pelo auxiliar técnico Netão, a escalação do Remo contou com algumas surpresas. Marlon voltou para lateral, Kevem jogou improvisado na lateral-direita e Wellington Silva atuou avançado, como ponta. Lucas Siqueira não foi escalado, se recuperando de um entorse no tornozelo.


Logo aos dois minutos, Felipe Gedoz recebeu passe, limpou a zaga e bateu para o gol, mas foi travado em cima do lance. Precisando correr atrás do resultado, o Independente se lançava ao ataque.

Aos 10 minutos, Fagner foi lançado. Ele dominou dentro da área, de cara para o gol, mas chutou muito para cima. Aos 16, Joãozinho cobrou falta colocada, no ângulo. Vinícius se esticou e salvou o Leão. Sem muitas chances claras, o primeiro tempo terminou em 0 a 0.

O segundo tempo começou bem mais animado que o primeiro. Logo aos seis minutos, após pressão do Independente, a bola ficou pingando na área do Remo. Joãozinho aproveitou a confusão e só fez empurrar para dentro, deixando o Galo Elétrico na frente do placar.

O Leão agiu rápido e logo foi atrás do empate. Aos 13 minutos, Augusto fez uma bela jogada. Na saída de Dida, ele tocou com estilo. A bola bateu na trave e sobrou para Felipe Gedoz, que encheu o pé e estufou as redes do Independente. Era o empate do Remo.

Três minutos depois, aos 16, Paulino acertou uma bomba no cantinho de Vinícius, que nada pode fazer. O Galo Elétrico ficou na vantagem novamente. Aos 45, Marcus pegou sobra de bola na área e marcou o terceiro do Galo na partida, deixando tudo igual no placar agregado. Com o fim do tempo regulamentar, os times decidiram a vaga nos pênaltis.

Nas penalidades, o Independente errou todas. Já o Leão converteu com Felipe Gedoz, Wellington Silva e Rafael Jansen. Apesar da derrota no tempo normal, o Leão passa de fase e enfrenta o Manaus, que eliminou o Paysandu.

veja também