Representantes da Semel visitam Belém e debatem novos projetos esportivos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A equipe da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de Parauapebas (Semel) continua trabalhando na elaboração do calendário das atividades para o ano de 2021, foi nesse o objetivo que o adjunto da Semel, Jorge Guerreiro, representou o titular da pasta, Leandro Gambeta, durante reunião na capital do Estado com o secretário estadual de Esportes, Arlindo Silva.

Na oportunidade, foi apresentado todo o plano de trabalho que o município pretende desenvolver. A solicitação da construção de um polo da Secretaria Estadual de Esportes em Parauapebas, conhecer novos programas para áreas esportivas e buscar apoio do Estado quanto sua participação nos grandes eventos do município, foram alguns dos assuntos abordados no encontro.


Um dos projetos mencionados foi o Vida Ativa, programa idealizado pelo Governo do Estado, por meio da Seel, onde o público atendido é a melhor idade. Para apresentação,  Jorge Guerreiro utilizou os dados expostos pelo Cadastro Único em Parauapebas.

Atualmente cerca de 7.250 idosos entre 60 e 65 anos de idade estão cadastrados no CadÚnico no município. “A realidade é que esses números podem ser bem maiores, muitos idosos não participam de atividades e programas de inclusão, por isso o interesse de Parauapebas é que os idosos sejam bem assistidos pelo poder público municipal.  O programa Vida Ativa tem dado certo aqui na capital e nas cidades do entorno, então vamos fazer o possível para que chegue até Parauapebas”, enfatizou Jorge Guerreiro.

Também esteve presente na reunião o presidente da Federação Paraense de Desportos para Deficientes Visuais – FPDV, Thiago Silva que desenvolve em Parauapebas o Futebol de 5, uma modalidade esportiva adaptada para deficientes visuais. Ele aproveitou a conversa para solicitar apoio na execução dos Jogos Paralímpicos que a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer pretende lançar como novidade dentro do calendário de atividades, mas só podem acontecer após a liberação dos órgãos de saúde em relação à pandemia.

“Fico muito contente quando vejo o interior do estado caminhando na mesma perspectiva que a capital. Parauapebas é uma cidade visionária, estamos aqui de portas abertas para os diálogos, e queremos novas conversas para uma construção em conjunto”, destacou Arlindo Silva, gestor da Seel.  Ele aproveitou para deixar pré-agendado um workshop que deve ocorrer em Parauapebas, no período de 29 de abril a 02 de maio. A ideia é realizar um treinamento detalhado para os técnicos da Semel, além de aproveitar a viagem ao município para conhecer a área que será construído o primeiro polo da Seel que será referência na região.

Respeitando o último Decreto Municipal 254/2021, sancionado pelo prefeito Darci Lermen, que determinou a suspensão de toda e qualquer atividade que favoreça a aglomerações de um público com mais dez pessoas. Os eventos da Semel permanecem temporariamente suspensos, sendo realizada apenas atividades internas e o planejamento anual.

veja também