Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Resultado do carnaval de Parauapebas é contestado por carnavalescos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Como não existe competição em que não há vencedores e derrotados, a divulgação do resultado do carnaval de Parauapebas não poderia ser diferente.

Assim, ao serem anunciados os blocos vencedores, sendo que o Cala Boca e Me Beija, venceu com 120 pontos, deixando em segundo lugar Piu Piu, com 107 pontos e em terceiro lugar o Barca da Bola com 99 pontos, foi notória a insatisfação de alguns que não conseguiram pontuar o suficiente para obter êxito na competição.


De acordo com Edivan Pessoa, presidente do bloco Beijou Bye Bye, o bloco campeão, Cala Boca e me Beija entrou na avenida de forma irregular, já que, de acordo com o regulamento, não é permitido que se utilize som automotivo durante a apresentação, além do já fornecido pela organização do evento. “O regulamento determina desclassificação automática”, relata Edivan, que diz conhecer bem o regulamento por ser secretário administrativo da Liga das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Parauapebas e Região (LIABESPR).

Outra irregularidade também é apresentada contra o segundo colocado no resultado, o bloco Piu Piu. Segundo o presidente do bloco Me Leva, Manoel Costa, o popular “Parazinho”, o bloco não usou abadá com o nome da agremiação, tendo apenas uma pequena logomarca como patrocinador. “Foi acordado em reunião que essa infração daria desclassificação; no entanto não foi cumprida”, denuncia “Parazinho”, dando conta de que os blocos que se sentiram prejudicados entraram com recurso junto à LIABESPR e agora aguardam julgamento.

Procurado pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, o diretor do bloco Cala Boca e Me Beija, Josean Brito, esclareceu que o trio usado pela organização no dia não supria a necessidade dos blocos. “O uso do erro de um, não pode ser atribuído a um terceiro. Tudo tem que ser acordado entre os responsáveis participantes dos blocos e firmados em papel com um regimento próprio. Não estou me acusando, só não comungo com os aproveitadores de plantão”, explicou Josean, avaliando que há de existir no estatuto as disciplinas e regras por antecipação.

Já a presidente do bloco Piu Piu, Sindma Pinto, mostrou o abadá em que se nota o nome na frente e no verso, apenas em tamanho menor que o usual.

Por sua vez, o presidente interino da LIABESPR, Jean Carlos, disse que como sempre, há reclamantes e as denúncias serão avaliadas pela diretoria da liga e, de acordo com o regimento, será dado um parecer final.

Publicidade

Veja
Também