Confirmados
27.650
Recuperados
18.995
Óbitos
190

 Publicidade

Retrocesso: Governo diminui efetivo de policiais rodoviários na região de Parauapebas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

O efetivo que já era reduzido, após a determinação do Comando, ficou ainda menor, o que é um risco para os moradores da região, tendo em vista que até a primeira quinzena do mês de fevereiro, 10 policiais militares faziam a segurança das estradas da região com o auxílio de duas viaturas da Polícia Rodoviária Estadual.

Anteriormente, com o efetivo de 10 policiais, cada dia uma equipe ficava em uma das rodovias que cortam os quatro municípios desta região, que são a PA-275 e PA-160. Agora, com a redução do efetivo pela metade, o risco de assaltos e até mesmo acidentes, devido à falta de fiscalização, tende a aumentar, tendo em vista que apenas cinco policiais e uma viatura estão atuando na região.


Vale ressaltar que em janeiro de 2015 uma das equipes da PRE prendeu dois ladrões que assaltaram uma cliente na rua do Comércio, em Parauapebas, e correram para o local onde estava tendo fiscalização, feita pelos soldados Luciano, Alípio e Sargento Felix, em parceria com o Detran, ou seja, além de fiscalizar o trânsito, os policiais também davam suporte para outros tipos de crimes.

Em outro caso, essa mesma equipe de policiais rodoviários estava de serviço em Goianésia do Pará, quando na segunda-feira de carnaval, conseguiu prender uma assaltante de ônibus que estava fazendo de reféns 36 passageiros da empresa Boa Esperança. Ao passar por uma barreira feita pelos policiais, o motorista do ônibus deu sinal de luz e imediatamente os policiais iniciaram uma perseguição e conseguiram prender o meliante.

Falta de investimento:

Com a redução do efetivo de policiais rodoviários na região, mais uma vez o Governo do Estado do Pará, mostra claramente o desinteresse pela região de Carajás, que a cada dia que passa tem o número de violência aumentando nas estatísticas, o que vem deixando vários moradores preocupados, como é o caso do comerciante Frederico Almeida. “Infelizmente essa é a resposta que o Governador Jatene dá para a nossa região que é a mais rica do Estado do Pará. Contribuímos de forma significativa com a economia deste Estado e ao invés de aumentar o número de policiais rodoviários em nossa região, o Governador diminuiu o efetivo, isso é uma vergonha”, relatou o comerciante, afirmando que por várias vezes já teve prejuízos nas estradas da região. “Se com os policiais nas estradas já tive mercadorias roubadas várias vezes, imagine com o número reduzido, infelizmente a tendência é piorar”, lamentou.

Outro lado:

A equipe de reportagem do Portal Pebinha de Açúcar tentou contato com o Batalhão Rodoviário da Polícia Militar do Pará, mas não obteve sucesso para falar sobre a redução do número de policiais na região.

Reportagem e foto: Bariloche Silva – Da Redação do Portal Pebinha de Açúcar

Publicidade

Veja
Também