RETROCESSO? Postes em calçadas mudam paisagem da Rua 14

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Depois de muito transtorno causado pelas interrupções no fornecimento de energia elétrica, o que, por muitas vezes, traziam prejuízos aos comerciantes, a Rua 14, no Bairro União, em Parauapebas, ganhará nova rede de energia.

Ao contrário da outra que era moderna e subterrânea, esta é com postes e fiação aéreas. Conforme explicado através de nota encaminhada à equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, pela Prefeitura Municipal de Parauapebas, a rede aérea que está sendo implementada no local é de caráter provisório e sem ônus aos cofres públicos. Sendo que o motivo é puramente técnico, uma vez que a rede subterrânea existente está subdimensionada, insuficiente para atender e com padrões construtivos ultrapassados, pois tem mais de 12 anos.


Ainda de acordo com o explicado em nota, nesse primeiro momento, a empresa Equatorial está construindo uma rede aérea provisória para garantir a continuidade do fornecimento de energia elétrica, e, paralelamente, a prefeitura está trabalhando em um novo e moderno projeto de rede subterrânea com maior capacidade e que atenda às novas normas técnicas e de segurança, juntamente com uma revitalização urbanística prevista para as ruas 14 e do Comércio.

“Esclarecemos ainda que a rede não está sendo substituída por uma nova, pois tecnicamente é impossível abrir novas galerias subterrâneas – com toda a estrutura necessária – sem que antes seja retirada toda a instalação existente. Além disso, o risco de interrupção por pane da rede existente seria alto”, conclui a nota.

A concessionária de energia elétrica, Equatorial Energia Pará, também se manifestou através de nota, esclarecendo que a rede de energia da Rua 14, no Bairro União, é subterrânea, a qual não é o padrão convencional utilizado para rede de distribuição da concessionária.
No entanto, com os recentes problemas no fornecimento de energia do local, a Equatorial Pará tomou a decisão, em conjunto com a Prefeitura de Parauapebas, de fazer a reversão da rede de subterrânea para aérea, que, para este caso, é mais adequada e possibilita o tempo de recomposição menor em casos de falta de energia.

Alguns comerciantes daquele logradouro foram procurados pela equipe de reportagens do Portal Pebinha de Açúcar, mas, não quiseram falar sobre assunto. Alguns disseram em OFF que “o importante é que o fornecimento seja bom e não traga mais prejuízos tanto na perda de produtos que deterioram pela falta de refrigeração, quanto por não poder receber os clientes devido à falta de eletricidade”.

veja também